Agora no PSG, Neymar tenta manter bom retrospecto em estreias na carreira

A expectativa em torno da estreia de Neymar no PSG pode chegar ao fim neste domingo. Caso sua documentação chegue à Liga Francesa no sábado, o astro de 25 anos entrará em campo já na partida contra o Guingamp, no Stade du Roudourou.

Além de ostentar o posto de camisa 10 do clube francês, Neymar encarará um desafio: manter sua invencibilidade em estreias na carreira. Por Santos, Seleção Brasileira e Barcelona, o atacante teve duas vitórias e um empate.

Seu início como profissional aconteceu em 7 de março de 2009. O Santos tinha dificuldades para furar o bloqueio do Oeste, quando, aos 14 minutos do segundo tempo, Vagner Mancini promoveu a entrada de Neymar no lugar de Molina aos 14 minutos. O jovem criou jogadas, chegou a carimbar o travessão e contribuiu para os santistas vencerem a equipe de Itápolis por 2 a 1, nos 17 minutos que ficou no gramado do jogo válido pelo Paulistão.

Em 10 de agosto de 2010, Neymar deu seus primeiros passos na Seleção Brasileira. Alçado a titular por Mano Menezes no amistoso contra os Estados Unidos, o atacante mostrou boa desenvoltura, mostrou entrosamento com Ganso e Pato, e deixou um gol como recordação.

Aos 28 minutos, Neymar aproveitou cruzamento de André Santos e cabeceou sem chances para Howard. Saiu após 71 minutos em campo, na vitória por 2 a 0 (o outro gol foi marcado por Pato).

Passados três anos, o craque fez as malas rumo ao Barcelona. Porém, sua estreia foi mais discreta. Lançado aos 31 minutos da etapa final do amistoso contra o Lechia Gdansk (POL), foi notado ao tentar jogadas e entrar em divididas na reta final do empate em 2 a 2. Agora, cabe a ele manter o bom desempenho na estreia pelo PSG.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos