Klopp: 'O que o Barcelona oferece no fim por Coutinho é irrelevante'

O Liverpool segue fazendo jogo duro quando o assunto é Philippe Coutinho. O clube rejeitou uma proposta de 100 milhões de euros (R$ 370 milhões) pelo Barcelona. Mas os catalães não devem deixar o assunto se encerrar e prometem aumentar a oferta, que pode chegar a 120 milhões de euros (R$ 444 milhões).

O técnico Jürgen Klopp é o maior defensor da permanência de Philippe Coutinho no Liverpool. Ele não abre mão do brasileiro, o melhor jogador do clube. Mas a pressão do Barcelona é intensa, principalmente após a saída de Neymar para o PSG por 222 milhões de euros (cerca de R$ 820 milhões).

Com dinheiro em mãos, o Barcelona não deve medir esforços para contratar um substituto para Neymar e dar uma resposta a sua torcida. Dembélé também está na mira e faltou aos treinos desta quinta-feira no Borussia Dortmund, aumentando os rumores de uma possível transferência.

Coutinho não tem multa rescisória, o que não obriga o Liverpool a vendê-lo. Por outro lado, o jogador já demonstrou interesse em jogar no Barcelona, e um impasse pode ser criado. Segundo Klopp, o brasileiro ficará muito mais tempo na Inglaterra.

- O Liverpool não é um clube que vende jogadores. Isso é claro. Então o que eles oferecem no fim é irrelevante. Do ponto de vista financeiro, não há um preço limite para ele sair. Não há um preço pelo qual nós estamos dispostos a ceder. Nosso objetivo é ter o melhor time possível. Então queremos manter nossos caras e adicionar novos. É o nosso plano - disse o treinador alemão, à "Sky Sport".

O Barcelona tem três semanas para fechar o seu elenco para a temporada. O dia 31 de agosto é o último para contratações na Europa. Essa falta de tempo pode prejudicar os catalães, uma vez que o mercado vai se inflacionar, principalmente pelo montante que está na conta bancária após a saída de Neymar.

- Hoje, nenhum jogador no planeta está fora do mercado. Mas uma transferência é também questão de momento, e se você terá a oportunidade e a necessidade de reagir a tal transferência. Temos de pensar se há tempo para reagir - finalizou Klopp, que não pensa em liberar Coutinho às vésperas do início do Campeonato Inglês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos