Saldo do quebra-quebra: Nacional paga por 220 cadeiras e 11 detidos

A classificação do Botafogo na noite desta quinta-feira teve momentos de tensão no Nilton Santos. No segundo tempo da partida, os torcedores do Nacional-URU irritados com a eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores iniciaram um quebra-quebra nas cadeiras. Algumas delas, inclusive, foram lançadas ao gramado.

O saldo da confusão teve 11 torcedores detidos, sendo oito uruguaios, que estavam depredando as cadeiras e foram contidos por seguranças. Outros três brasileiros também estiveram envolvidos por conta de artefato explosivo.

De acordo com dados divulgados, sete pessoas foram atendidas no posto médico. Ao todo, 220 cadeiras foram quebradas durante a ação da torcida visitante.

Após a classificação às quartas de final da Copa Libertadores, a diretoria do Botafogo se reuniu com os dirigentes uruguaios, que não fizeram oposição ao pagamento pelos danos provocados pelos torcedores dentro do estádio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos