Gabriel Paulista elogia Wenger e destaca força do Arsenal no Inglês

O Arsenal estreia no Campeonato Inglês nesta sexta-feira, às 15h45 (de Brasília), contra o Leicester, campeão da competição em 2015/16. A equipe londrina chega pressionada após o quinto lugar na temporada passada, que deixou os Gunners fora da Liga dos Campeões após 20 anos.

A colocação na Premier League deixou os torcedores revoltados. Apesar do título da Copa da Inglaterra na decisão sobre o Chelsea, os fãs não perdoaram e pediram a cabeça do técnico Arsène Wenger. No entanto, a diretoria renovou o contrato do comandante francês por mais dois anos.

E não foram apenas os torcedores que não gostaram da participação do Arsenal no último Campeonato Inglês. O zagueiro Gabriel Paulista afirmou ao LANCE! que ficar fora da Liga dos Campeões não estava nos planos do clube.

- Ficamos todos decepcionados no clube. Ficar sem disputar a Liga dos Campeões não estava nos nossos planos, mas infelizmente temos de tirar como lição essa situação para possamos retornar o mais breve possível. Estamos fora da principal competição da Europa em função de não conseguir as boas apresentações da temporada anterior.

O brasileiro falou ainda sobre a renovação de contrato do técnico Arsène Wenger, que está no comando do clube desde 1996.

- O Wenger é um profissional muito exemplar e dedicado acima de tudo. Ele tem um papel muito importante dentro do clube e também no elenco, além de ter uma forte identificação com o Arsenal. Sobre a insatisfação da torcida, é natural por conta dos tropeços que tivemos, porém, ele reagiu com muita naturalidade tanto que seu vínculo foi renovado - disse

No primeiro jogo oficial, o Arsenal empatou com o Chelsea em 1 a 1 na decisão da Supercopa da Inglaterra, mas venceu nos pênaltis, faturando a competição. Mas o zagueiro não acredita que seja uma resposta pelas atuações da última temporada.

- É sempre bom começar o ano com um título. Não vejo esta conquista como uma resposta aos resultados conquistados na temporada anterior, mas como um prenúncio de uma excepcional fase. Os aprendizados da última temporada nos tornou ainda mais fortes para superar as dificuldades que estão por vir.

Na última temporada, Gabriel Paulista não conseguiu ser titular absoluto do Arsenal. O zagueiro afirmou que segue trabalhando duro nos treinos para provar que pode ser um dos 11 do técnico Arsène Wenger.

- É complicado falar de titularidade em um elenco recheado de excepcionais jogadores, porém, entendo que este é abacaxi saudável que Wenger tem em suas mãos para resolver. Assim como qualquer outro atleta de futebol, quero sim ser titular neste gigante do futebol mundial mesmo ciente da forte concorrência. Entretanto, estou trabalhando forte e somente o meu desempenho nos treinos e também nos jogos é que podem me conduzir a titularidade - destacou.

Gabriel Paulista ainda destacou a base do Arsenal como um dos pontos fortes da equipe. E rechaçou o fato de que o clube vá sair atrás por conta dos poucos reforços nesta temporada.

- Não acredito que o fato dos concorrentes terem feito um certo número de contratações possa considerá-los favoritos. O Arsenal manteve sua base e ela é muito forte. Chegamos nesta temporada para disputar de igual pra igual com os demais rivais o título da Premier League.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos