Jogadores do Cruzeiro questionam pênalti e saem na bronca com árbitro

Os jogadores do Cruzeiro não gostaram nada da arbitragem de Rafael Traci, dono do apito na derrota celeste por 3 a 2 para o São Paulo, nesta manhã de domingo, no Morumbi. O principal lance que dividiu opiniões foi o pênalti de Ezequiel em cima de Gilberto, que garantiu a vitória do tricolor.

- Se for dar pênalti em todo lance desse tipo, vai ter uns cinco ou seis por jogo, teve um lance idêntico com o Sassá no primeiro tempo que ele preferiu não marcar. Fizemos um bom jogo, a equipe não merecia esse resultado - comentou o lateral direito, citando ainda um lance parecido de Militão em Sassá na entrada da área e não marcado pelo árbitro.

Para o meia Robinho, uma derrota dentro do Morumbi para o São Paulo pode ser considerada como normal, mas não da forma como aconteceu:

- Perder para o São Paulo aqui é chato, mas é normal. Agora, perder na dúvida da arbitragem deixa a gente triste. A gente corre e quem sai levando a atenção toda é o árbitro - disse o meia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos