Jair admite jogo ruim, mas lembra: 'Foi o melhor empate que poderia'

Ficou longe de ser um grande jogo. Muito longe. E o técnico Jair Ventura admite que, além do Flamengo, o Botafogo que comanda também ficou abaixo da expectativa para uma semifinal de Copa do Brasil. Por outro lado, ele lembra que o 0 a 0 era o melhor empate que o Glorioso poderia ter obtido, diante da regra do gol fora de casa valer como critério de desempate.

- O jogo foi truncado. Para quem assistiu, foi muito aquém. Esperávamos mais. As duas equipes se respeitaram bastante. Praticamente não teve mais jogo depois das expulsões. Foi um jogo ruim, mas, dentro de casa, quando não se consegue vencer, empatamos sem gols. Jogamos para vencer, mas foi o melhor empate que poderia ter sido, sem gols. Acabou o primeiro de dois tempos e temos total condições de nos classificarmos no Maracanã - garante o treinador.

O treinador se esquivou da polêmica dos últimos dias: a declaração sobre técnicos estrangeiros no Brasil, depois da chegada de Reinaldo Rueda ao Rubro-Negro. E sobre Emerson, que tem pré-contrato assinado com o Palmeiras, o técnico optou por também desconversar.

- É uma questão interna. Quando eu tiver a possibilidade de passar, eu passo. Mas ela continua interna - pondera.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos