Corinthians pode igualar sua maior vantagem na liderança

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Corinthians perdeu pela primeira vez neste Brasileirão no último sábado, mas nesta quarta-feira já pode igualar sua maior vantagem na liderança do campeonato. Se vencer a Chapecoense, em jogo adiado da 20ª rodada, o Timão ficará dez pontos à frente do Grêmio, segundo colocado.

Desde que assumiu a ponta da tabela, ainda ao final da quinta rodada, o Corinthians teve sua maior vantagem após a 13ª rodada (veja a evolução nas imagens acima). Na ocasião, o Timão tinha dez pontos de vantagem para o vice-líder, que também era o Grêmio.

Apesar do fim da segunda maior série invicta da história do clube, a equipe do técnico Fábio Carille atualmente tem sete pontos de vantagem. Isso porque o Grêmio não venceu nos últimos dois jogos, com um empate e uma derrota. O Santos, terceiro colocado, está agora dez pontos atrás do Timão.

"Quem está nos ajudando é o nosso próprio time, pela campanha que estamos fazendo. Toda essa folga na liderança é culpa nossa, e não pelo que os outros fazem. Quarta-feira temos uma oportunidade muito boa de abrir dez pontos para o segundo colocado. A equipe está com essa mentalidade, sabe que tem de encarar como uma decisão", disse o volante Gabriel.

O Corinthians mostra que está longe de despencar, como "previram" Renato Gaúcho e Levir Culpi, técnicos de Grêmio e Santos, respectivamente. O Timão tem a chance de igualar sua maior vantagem na liderança do Brasileirão nesta quarta-feira, a partir das 19h30, na Arena Condá.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos