Em rede social, Bernard acusa André Figueiredo por dispensas na base do Galo

A torcida do Galo anda insatisfeita com o superintendente de futebol do clube, André Figueiredo. Além de ser alvo de críticas por parte dos atleticanos, o dirigente foi responsabilizado pelo meia-atacante Bernard, a maior venda da história do Atlético-MG (25 milhões de euros), por ter sido dispensado por duas vezes da categoria de base do clube mineiro.

Um torcedor publicou em sua conta no Twitter uma mensagem dizendo que André Figueiredo se orgulha de ser diretor da base atleticana quando revelou Bernard, mas deixa de lado o fato de ter tentado dispensar o jogador em três oportunidades. O meia-atacante, ao ler a mensagem, retuitou afirmando que o dirigente cumpriu o feito em duas das tentativas.

Na sequência, o jogador do Shakhtar Donetsk deu mais explicações sobre o caso ainda com base na postagem do torcedor, mas, no fim, mostrou que conseguiu superar todos os obstáculos para construir uma carreira de sucesso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos