Sem priorizar Libertadores, Vanderlei promete Santos vivo no Brasileiro

A distância para o Corinthians é de 13 pontos. Do Grêmio, são apenas três de diferença no Brasileirão. Faltando 16 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Santos acredita que ainda pode alcançar os dois primeiros colocados. O discurso é do goleiro Vanderlei, que não quer que o Peixe priorize apenas a Libertadores, na qual está nas quartas de final.

- Foi uma experiência que passamos em 2015. Não dá para priorizar um campeonato e ficar sem ritmo na Libertadores. Teremos um clássico e logo depois a Libertadores. Mas estamos em 3º no Brasileiro e tem que manter até o fim. Time grande não pode priorizar competição - disse o camisa 1.

Em 2015, o Peixe, sob o comando de Dorival Júnior, poupou titulares no Brasileirão e acabou sem o título da Copa do Brasil, perdida para o Palmeiras.

Depois de receber visita do preparador de goleiros da Seleção Brasileira, Taffarel, mas não ser convocado, um dos principais jogadores do Alvinegro no momento não descarta ser chamado no futuro, nem mesmo para a Copa do Mundo, no ano que vem.

- São critérios e opções do treinador. Ele (Tite) está avaliando outros goleiros. A Seleção está bem servida e não dá para reclamar. Tem que trabalhar e uma hora vai acontecer. Tenho certeza que vou dar meu melhor e uma futura convocação pode vir. Que jogador não quer disputar uma Copa do Mundo? Tem que estar preparado e dar continuidade ao trabalho no clube - pontuou.

O próximo compromisso do Santos é no domingo, às 19h, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela 22ª rodada do Brasileirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos