Figueira arranca vitória sobre o Guarani e respira na Série B

O Figueirense teve que se aplicar para vencer o Guarani, na noite deste sábado, no Orlando Scarpelli. O placar de 2 a 1 mostra o equilíbrio da partida. O Figueira saiu na frente no primeiro tempo, com Henan, mas cedeu o empate na etapa final, com go lde Bruno Mendes. Através de bola parada, Marquinhos colocou o alvinegro na frente de novo, garantindo a vitória. Resultado colocou equipe catarinense na 17ª posição, com 24 pontos, um a menos que o Goiás, 16º. Bugre é o oitavo, com 31, seis a menos que o Ceará, quarto.

Um era o 18º colocado. O outro, o oitavo. Assim, Figueirense e Guarani entraram em campo, na noite de sábado, para lutar por mais três pontos na Série B de 2017. O Alvinegro vinha de dois jogos sem vitória e vendo a distância para sair do Z4 aumentar. O Bugre, que chegou a ser líder do campeonato, queria sua segunda vitória seguida, após um longo período de seca. Ingredientes que prometiam fazer do Orlando Scarpelli um palco de um grande jogo.

No primeiro tempo, quem tomava a iniciativa era o Figueirense. Faltou pouco para abrir o placar nos primeiros 15 minutos, mas o Guarani conseguiu se safar e equilibrar a partida. Quando a partida estava morna, com poucas oportunidades, Henan aproveitou bate rebate dentro da área bugrina e chutou forte, sem chances para Vagner, abrindo o placar para a equipe da casa, aos 32 minutos. Depois, o alvinegro controlou a partida, sem deixar o adversário criar perigo até o final do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, Vadão colocou Bruno Mendes no lugar de Rentería, que ficou muito sumido nos primeiros 45 minutos. E o atacante, na primeira chance que teve, fez a diferença. Aos 22 minutos, Lenon recebeu na direita e bateu forte. A bola ia na direção do gol até encontrara cabeça de Bruno Mendes, que tirou qualquer chance de defesa do goleiro Saulo.

O gol fez o Figueirense se lançar ao ataque mais uma vez. E não demorou para ficar novamente na frente. Aos 27 minutos, depois de bola levantada na área por Marco Antônio, Marquinhos subiu mais alto e testou para o fundo do gol, deixando o Figueira com a vantagem mais uma vez.

Novamente atrás por um gol, o Guarani se viu obrigado a ir para cima. Essa atitude acabava deixando espaço atrás, e o jogo ficou movimentado. Apesar da pressão, o Bugre não conseguiu capitalizar, e o Figueirense também não encaixou um contra-ataque para ampliar o placar. Com isso, a partida terminou com vitória da equipe mandante por 2 a 1.

Com o resultado, o Figueira subiu para a 17ª posição, com 24 pontos, um a menos que o Goiás, 16º colocado. A derrota fez o Guarani terminar a rodada na oitava posição, com 31 pontos, seis a menos que o Ceará, quarto colocado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos