Arouca completa 20 semanas de recuperação e reaparece no gramado

A presença de Arouca no gramado da Academia de Futebol foi a principal novidade do treino do Palmeiras na manhã desta quinta-feira. O camisa 5 ainda não participou das atividades com bola, mas mostrou evolução nos exercícios de transição física. Ele não joga desde o primeiro amistoso da temporada, contra a Chapecoense, em janeiro, e deve ficar mais quatro semanas fora.

Arouca operou o tornozelo esquerdo pela segunda vez há 20 semanas - o prazo total para recuperação é de 24 semanas. Ele já está clinicamente recuperado e agora trabalha a parte física para ganhar força e resistência antes de ser devolvido à rotina de treinos com bola.

O jogador de 31 anos se queixava de dores no tornozelo esquerdo há tempos. Depois de participar do amistoso contra a Chapecoense, em 21 de janeiro, ele passou por uma primeira cirurgia para retirar um fragmento de cartilagem que o incomodava.

As dores diminuíram, ele voltou a treinar e foi até relacionado para o jogo contra o Tucumán, na Argentina, no início de março. No entanto, as dores voltaram e foi preciso realizar um novo procedimento cirúrgico - este mais complexo - para corrigir o "buraco" deixado pela cartilagem que se soltou.

Contratado em 2015 após passagem vitoriosa pelo Santos, Arouca foi peça importante no título da Copa do Brasil daquele ano mesmo sofrendo com lesões musculares. Foram 40 partidas em sua primeira temporada no Palestra Itália. No ano passado, sua participação no título brasileiro foi bem tímida: fez apenas dois jogos na competição, 20 na temporada. Ao todo, são 61 partidas e nenhum gol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos