Vasco diz que candidato da oposição é inelegível; Julio Brant recorrerá

  • Pedro Ivo Almeida/UOL

    Julio Brant vem pagando mensalidade em juízo por considerar ida ao Vasco perigosa

    Julio Brant vem pagando mensalidade em juízo por considerar ida ao Vasco perigosa

Candidato pela chapa Sempre Vasco na eleição presidencial de novembro, Júlio Brant apareceu na lista de sócios elegíveis divulgada pelo clube nesta semana como inelegível. O motivo seria de que ele não estaria adimplente com as mensalidades de sócio junto ao clube.

O candidato recorrerá da decisão por conta de considerar ser um erro, já que, desde o ano passado, vem depositando as mensalidades em juízo por conta de sofrer intimidações em não poder entrar em São Januário. São também candidatos Otto Carvalho, Alexandre Campello, Fernando Horta e o atual presidente Eurico Miranda, que tentará a reeleição. Confira a seguir a íntegra da nota oficial de Júlio Brant sobre o caso.

"O CERCO FECHA E O DESESPERO AUMENTA.

Mais uma vez as pessoas que querem se perpetuar no poder do Vasco atuam disseminando confusão e desinformação conforme as eleições se aproximam.

O que fazem? Tentam me excluir da eleição do Vasco, não colocando meu nome na lista de elegíveis.

Sabendo que iriam usar das mesmas artimanhas de sempre, ingressei na justiça para garantir o pagamento das minhas mensalidades e a decisão deferiu o depósito, em juízo, desde de 2016.

Por que fazem isso? Sabem que, ao tentar me calar, calam milhares de torcedores e sócios que querem o Vasco moderno e vitorioso, diferente do atual, viciado e anti-democrático.

Convoco os sócios que não conseguiram efetuar os pagamentos de suas mensalidades que entrem em contato pelo contato@chapasemprevasco.com.br para que possamos, juntos, lutar pelo seu direito ao voto.

Julio Brant".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos