Com gol de Egídio, Palmeiras empata jogo-treino após Jean perder pênalti

O Palmeiras ficou no empate por 1 a 1 com o Red Bull em jogo-treino disputado na tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol. Maylson marcou para o time de Campinas e Egídio empatou. O goleiro Airton defendeu um pênalti sofrido por Deyverson e cobrado por Jean quando o duelo estava empatado sem gols.

Preservado por Cuca nos últimos três jogos, quando não esteve nem no banco de reservas, Egídio briga por uma vaga entre os titulares para o jogo contra o Atlético-MG, dia 9, em Belo Horizonte. Ele entrou na vaga de Michel Bastos aos 30 minutos do primeiro tempo do jogo-treino e foi um dos melhores do time, com boas chegadas ao fundo e alguns desarmes, além do gol.

Cuca escalou a mesma equipe que venceu o São Paulo no domingo: Fernando Prass, Jean, Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Bruno Henrique, Tchê Tchê, Moisés e Guerra; Willian e Deyverson.

Houve seis mudanças ainda no primeiro tempo. Thiago Santos, Egídio, Keno, Róger Guedes e Mayke entraram nas vagas de Bruno Henrique, Michel Bastos, Guerra, Deyverson e Jean. Nos minutos finais, Moisés tomou uma pancada no tornozelo esquerdo, causou preocupação e foi substituído por Zé Roberto. Segundo os médicos, porém, não preocupa.

O primeiro tempo terminou com o Red Bull vencendo por 1 a 0. No segundo tempo, jogaram: Fernando Prass (Vinicius Silvestre), Mayke, Antônio Carlos (Thiago Martins), Juninho e Egídio; Thiago Santos (Fabiano), Zé Roberto, Raphael Veiga e Hyoran; Keno (Erik) e Róger Guedes.

O Palmeiras passou toda a etapa final pressionando o Red Bull, sempre com boas associações entre Egídio, Keno e Zé Roberto pela esquerda. Mas faltava um centroavante para empurrar a bola para o gol. Não à toa, o gol saiu depois que Erik substituiu Keno e passou a executar esta função. O camisa 17, inclusive, iniciou a jogada ao driblar dois adversários dentro da área antes de ser travado: Egídio pegou a sobra e marcou de primeira.

Dudu evoluindo

Recuperado de lesão na coxa esquerda, Dudu deu sequência ao trabalho de transição física e não participou do jogo-treino. No entanto, deve estar à disposição para enfrentar o Atlético-MG. A tendência é de que o camisa 7 tome a posição de Guerra - Keno entrou no lugar do venezuelano na atividade desta sexta, já para "simular" o que Dudu poderia fazer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos