Defensores são os mais assediados do Santos na janela de transferências

A boa fase da defesa do Santos parece ter chegado na Europa. Durante a janela de transferências para a Europa, que na maioria dos países se encerrou na última quinta-feira, quatro jogadores de defesa do Peixe foram assediados, todos revelados nas categorias de base.

Além do volante Thiago Maia, que foi vendido ao Lille, e do lateral-esquerdo Caju, que foi negociado com o mesmo clube, mas só vai para a França no ano que vem, o zagueiro Lucas Veríssimo e o lateral-esquerdo Zeca receberam ofertas do Velho Continente.

O camisa 28, titular desde o início do ano, chamou a atenção do Stuttgart, da Alemanha, e do Saint Etienne, da França, mas foi o Nantes (FRA) que oficializou a proposta de 3,5 milhões de euros (R$ 13 milhões). Os valores não agradaram a diretoria santista.

O mesmo aconteceu em relação ao lateral-esquerdo Zeca, recém-recuperado de uma lesão na perna esquerda. O campeão olímpico atraiu os olhares do Watford, da Inglaterra, que propôs ao Alvinegro 6 milhões de euros (R$ 22 milhões). No passado, o clube já havia recusado oferta de R$ 7 milhões pelo ala.

Somados os valores da venda de Thiago Maia e da negociação que levou Neymar ao PSG (FRA), o Peixe arrecadou R$ 68 milhões na janela de transferências, mas pode perder R$ 14 milhões da transação envolvendo o volante devido a ações judiciais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos