Marcelo estreia como capitão, mas leva cartão e está suspenso

No primeiro jogo em que exerceu a função de capitão da Seleção Brasileira, Marcelo não foi brilhante e ainda levou um cartão amarelo que o tira do próximo jogo da Seleção, contra a Colômbia, terça-feira. Mas isso está longe de tirar a moral dele dentro do grupo do Brasil.

- Eu penso em dar o máximo. Dentro do jogo, é difícil controlar. Vi que estava na frente, tentei pará-lo, mas levei amarelo. É uma pena - lamentou Marcelo, que ainda analisou:

- Sabemos que é muito difícil jogar Eliminatórias. O professor (Tite) disse que já começou a Copa. Eles não dão espaço. Conseguimos mais liberdade no segundo tempo. Demos uma melhorada, eles cansaram um pouco.

Marcelo vestiu a camisa 12 pela primeira vez - mesmo número que no Real Madrid - e chegou ao 49º jogo pela Seleção. Ele será substituído por Filipe Luís e entende que as cobranças sobre a Seleção tendem a aumentar.

- É difícil, porque agora tem mais cobrança. É normal. Nos classificamos antes do que todo mundo previa. A cobrança vem porque a Seleção é sempre cobrada e favorita onde joga - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos