Presidente do São Paulo ouve pedidos para contratar Muricy em novo cargo

O nome de Muricy Ramalho, atual comentarista do canal SporTV, voltou à tona no São Paulo. Não para o cargo de treinador, do qual está aposentado desde o ano passado, mas para coordenador técnico. Nos últimos dias, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva tem ouvido pedidos de diversas partes do clube para contratar o ex-treinador para a nova função, com o intuito de auxiliar Dorival Júnior a tirar o time na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

A criação do cargo de coordenador é assunto há mais tempo e chegou a ser discutido pela diretoria há cerca de uma semana. Não está descartado, mas no momento as prioridades da cúpula estão voltadas para outros movimentos, embora a situação no Campeonato Brasileiro já tenha ficado emergencial, com o time na 19ª colocação.

Com a ideia do novo cargo veio junto o nome de Muricy, ídolo da torcida, tricampeão brasileiro pelo clube entre 2006 e 2008 e que já declarou que voltaria ao clube em uma função mais diretiva.

Leco recebeu sugestões de conselheiros e aliados, mas é improvável que qualquer negociação com Muricy aconteça neste momento. Primeiro porque no São Paulo quem é mais próximo do ex-treinador acredita que dificilmente ele deixaria a função de comentarista neste momento. Muricy tem contrato para trabalhar na Copa do Mundo de 2018 na Rússia e se diz muito feliz na nova função. Depois que o relacionamento dele com o presidente Leco nunca foi bom. O mandatário ficou marcado por ser um dos críticos mais ferrenhos do ex-técnico durante a segunda passagem dele, na época do tricampeonato brasileiro.

Enquanto isso, conselheiros da oposição se mobilizam para pressionar Leco a aceitar a sugestão de criar o novo cargo e a torcida faz campanha por Muricy. Uma corrente favorável ao ex-técnico criou, inclusive, um abaixo-assinado na internet. Até esta sexta-feira, mais de 500 assinaturas haviam sido recolhidas. No Twitter, a hashtag #voltaMuricy ganhou desta nesta semana, e no Facebook há um evento sobre o tema.

Muricy Ramalho ficou reconhecido como a figura que salvou o São Paulo na última vez em que o time agonizou na zona do rebaixamento, em 2013. Na época, ele assumiu o time na virada do turno no Z4 e logo engatou uma sequência de vitórias. Terminou o Campeonato Brasileiro em 9º.

Outros nomes são levantados no São Paulo para ocupar um cargo de coordenador, como de Raí, atual membro do Conselho de Administração. O ídolo, no entanto, não deve se envolver ainda mais no clube por conta de sua agenda pessoal.

O técnico Dorival Júnior não é contra a contratação de um novo profissional, caso a diretoria decida fazê-lo. Quando chegou, ele até falou com o diretor executivo Vinicius Pinotti sobre o tema. Disse que, se o dirigente era figura muito presente no CT, não era necessária a contratação de um outro profissional, mas não se opunha caso fosse essa a intenção. Pinotti concordou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos