Sampaoli deve promover a volta de Mascherano à seleção da Argentina

O empate em 0 a 0 com o Uruguai, na última quinta-feira, deixou a Argentina em sinal de alerta nas Eliminatórias. Os hermanos estão em quinto e, hoje, disputariam a repescagem para tentar a classificação para a Copa do Mundo. Diante do panorama, o técnico Jorge Sampaoli pode promover até três mudanças na equipe para o duelo contra a Venezuela, na próxima terça, às 20h30 (de Brasília), no Monumental de Núñez.

Mercado levou o segundo cartão amarelo e está suspenso. Mascherano, que ficou no banco contra o Uruguai, deve ser o substituto. Ele treinou entre os titulares neste sábado e conversou a sós com o treinador. Já Banega deve voltar no meio de campo na vaga de Pizarro. Outro que está cotado para começar jogando é Lautaro Acosta, que pode entrar no lugar de Acuña.

A boa notícia para os argentinos foi a recuperação do zagueiro Otamendi, que vinha sentindo dores no tornozelo direito. O jogador do Manchester City participou normalmente dos treinos.

Se o prognóstico for confirmado, Sampaoli não deve mexer no trio ofensivo da Argentina, formado por Messi, Dybala e Icardi. Contra o Uruguai, o tridente não rendeu.

A Argentina deve ir a campo com: Romero; Mascherano, Fazio e Otamendi; Acosta, Biglia, Banega e Di María; Messi, Dybala e Icardi.

Os hermanos estão em quinto nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, com 23 pontos, perdendo para o Chile no saldo de gols: 2 a 1. Se o qualificatório acabasse hoje, a Argentina disputaria a repescagem contra o representante da Oceania, muito provavelmente a Nova Zelândia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos