Quem assume a 9? Rios aparece como favorito à vaga de Fabuloso

Com Luis Fabiano de molho, o técnico Zé Ricardo terá que definir um novo camisa 9 até o Fabuloso se recuperar da cirurgia que fez para reparar uma lesão no joelho direito. No elenco, os principais candidatos para o posto são

Andrés Rios e Thalles, sendo que o argentino desponta como favorito para assumir a posição.

No clássico contra o Fluminense, Andrés Rios estreou como titular na posição e foi bem. Apesar de também jogar como meia e ponta, o jogador já tinha manifestado o interesse de atuar como referência no ataque, posição que exercia no Defensa y Justicia (ARG).

Nos primeiros treinos de Zé, Rios vem atuando na equipe titular. Perto de ter mais chances na equipe, o argentino se diz adaptado ao clube e agora conhece melhor os companheiros.

- Estou muito feliz. Me adaptei muito bem ao clube, ao Rio de Janeiro também. Tive um tempo conhecendo meus companheiros e eles também me conhecendo. Agora estou bem, estou mais próximo de todos. Estamos crescendo juntos e acredito que isso só vai melhorar - contou Andrés Rios.

No entanto, Thalles também briga pela posição. Antigo reserva imediato de Luis Fabiano, o atacante precisa ainda melhorar a sua forma física. Em boas condições, o jovem foi bem contra o Coritiba e Vitória neste Brasileirão, deixando sua marca nas duas partidas. Porém, depois voltou a ter dificuldades em se manter no peso. Assim, caiu de produção e perdeu espaço no time.

Segundo o meia Wagner, a disputa pela vaga está aberta e os dois têm potencial. O meio-campista conta que a chegada de um treinador novo dá um ânimo a mais para todos no elenco buscarem uma vaga no time.

- Tanto o Rios quanto o Thalles estão se preparando e lutando pela posição. Agora com treinador novo chegando, aqueles jogadores que não vinham sendo utilizados também vão ter chances. Isso dá um ânimo a mais. O ano ainda não acabou, ainda tem muita coisa para acontecer. Todo mundo tem que dar o seu máximo, precisa estar preparado, porque na hora que menos se espera, a oportunidade vai ser dada - comentou Wagner.

Paulo Vitor também pode ser opção

Outro que pode jogar como referência no ataque do Vasco é Paulo Vitor, de 18 anos. O jovem atuou na função com Milton Mendes, quando Fabuloso ficou um mês fora realizando um trabalho de reequilíbrio muscular para se recuperar de uma lesão no quadril que também afetava o joelho direito.

No entanto, Paulo Vitor fica em desvantagem na disputa porque também está machucado. Com uma lesão grau dois na coxa esquerda, o atacante vai ficar essas duas primeiras semanas de Zé Ricardo em tratamento no Caprres. Assim, sai atrás de Andrés Rios e Thalles.

Atuando como centroavante, Paulo Vitor teve uma grande fase na equipe sub-20 do Vasco nesta temporada. O jovem foi artilheiro da equipe do técnico Marcus Alexandre e também do Campeonato Carioca da categoria, em que o Cruz-Maltino também foi o campeão. Ele tem um gols pelos profissionais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos