Breno revela foco de Zé Ricardo com a defesa e pedido de 'erro zero' atrás

Um dos desafio do técnico Zé Ricardo é acertar a defesa do Vasco, terceira mais vazada do Campeonato Brasileiro, com 34 gols sofridos. Por conta disso, neste início de trabalho o treinador vem dando uma atenção especial ao setor. O zagueiro Breno contou que o novo comandante vem trabalhando o posicionamento defensivo e fez o pedido de 'erro zero' atrás.

- Hoje mesmo o Zé tocou nesse assunto (defesa muito vazada), falou que vai mostrar (soluções) para a gente. Os números não mentem, estamos cientes que tomamos muitos gols nessa sequência aí do Brasileiro. Claro que a gente tem que melhorar bastante. Ele está focando muito nessa questão defensiva. Está trabalhando muito a questão do posicionamento, para quando chegar no jogo, errar o quanto menos. Ele mesmo disse que é preciso ter erro zero - disse Breno, em coletiva após o treino desta segunda-feira, destacando que a zaga já mostrou evolução no na vitória por 1 a 0 contra o Fluminense.

- Acho que a gente já deu um passo grande contra o Fluminense, que foi não levar gol e acho que a gente tem que manter isso. Sempre converso muito com o Anderson Martins - completou.

Breno elogiou os primeiros treinos dados por Zé no Cruz-Maltino. Segundo o defensor, as atividades são intensas e estão agradando a todos no grupo.

- O Zé está realizando um trabalho bem bacana. Ele está trabalhando bem a parte defensiva. Ele divide, trabalha a parte defensiva de uma lado, a ofensiva do outro e depois ele junta e trabalho o time todo. Eu estou bem satisfeito, estou gostando bastante. Os treinamentos dele estão sendo bem intensos. Não duram muito tempo, mas são bem fortes. Pelo que estou vendo nestes primeiros dias do Zé, está todo mundo do grupo elogiando bastante. A tendência é manter a pegada para a volta do Brasileiro - contou o defensor.

Existe a possibilidade de o Grêmio jogar com a equipe reserva pensando em poupar os titulares para as quartas de final da Libertadores. Breno disse que para o Vasco isso não muda nada na forma que a equipe vai atuar em campo no próximo sábado.

- A gente precisa focar bastante no nosso time, independente se vamos enfrentar os reversas ou titulares do Grêmio. A gente precisa trabalhar da mesma maneira em qualquer situação. Acho que a gente tem que manter o posicionamento e foco. O grupo está ciente que vai ser um jogo difícil. Também temos uma sequência complicado. Tem o Grêmio, logo depois o Corinthians. A verdade é que não tem jogo fácil no Brasileiro. Titular ou reserva, o time do Grêmio é sempre forte - comentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos