Bruno Henrique justifica jejum do Santos e projeta 'estreia' em clássico

O Santos fez dois gols nos últimos quatro jogos. Antes, chegou a marcar apenas uma vez em três rodadas. A explicação tática vem do atacante Bruno Henrique, que tem a ajuda à defesa como uma de suas principais tarefas em campo.

- A gente da frente acaba fazendo o que o professor pede, acaba se doando para poder ajudar os companheiros de trás. E, às vezes, não conseguimos fazer os gols pelo fato de estarmos comprometidos com o que professor pede. Os atacantes estão de parabéns, desempenhando um bom futebol, fazendo o que o professor pede mesmo quando os gols não aparecem. Temos que continuar nessa pegada. Estamos no caminho certo - disse o camisa 27.

Artilheiro do Peixe na temporada com 14 gols, Bruno Henrique ainda não balançou as redes em um clássico. Inclusive, no primeiro jogo contra o Corinthians, ele chegou a ser expulso.

No próximo domingo, o reforço mais caro do Alvinegro na temporada quer mudar o retrospecto contra os rivais.

- É sempre bom marcar. Sendo clássico, Libertadores, Paulista... é sempre bom. Ainda não marquei em clássico, mas o mais importante é sair com a vitória, independentemente de quem fizer o gol. Na semana decisiva, é procurar desempenhar o melhor dentro de campo e quando aparecer a oportunidade, estar apto para fazer o gol - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos