Bruno Silva admite pressão, mas não foge: 'Aqui não tem nenhum menino'

A eliminação do Botafogo na Copa do Brasil, para o Flamengo, resultou em ressaca que foi logo curada após a vitória sobre o Bahia. Mas ela gerou também a pressão por mais sucesso do que o Glorioso já obteve na Copa Libertadores, até aqui. O volante Bruno Silva entende assim, mas não foge da raia e garante que os demais jogadores também não.

"A nossa responsabilidade aumentou. Sabemos disso e vamos assumi-la. Aqui não tem nenhum menino. O Grêmio também foi eliminado, as duas equipes vão querer passar à semifinal da Libertadores. Vai ser jogo difícil, contra um grande adversário", analisa.

Todavia, antes de encarar o Tricolor Gaúcho, o Botafogo terá o mesmo Rubro-Negro que lhe tirou da Copa do Brasil. Agora, a disputa será pelo Campeonato Brasileiro, e o volante prega a continuidade do pensamento jogo a jogo.

"Sabemos que a torcida está na euforia de Libertadores. Nós também estamos. Mas temos que saber separar, isso é lógico. E estamos bem tranquilos. Primeiro vamos pensar no Flamengo, pelo Brasileiro", explica Bruno Silva.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos