Petros exalta garoto que pode tirar vaga de Cueva: 'Muita personalidade'

Candidato a ganhar a vaga do meia Cueva no São Paulo. Lucas Fernandes ganhou nesta segunda-feira elogios pomposos de um jogador importante no grupo. O volante Petros disse que ainda não sabia se Dorival Júnior colocará o garoto no lugar do peruano, mas exaltou a personalidade do jogador criado na base, que ganhou recentemente a camisa 11 do time.

- O Lucas Fernandes tem nosso total apoio, uma grande cria da casa. Vejo muito talento e muita personalidade. Tenho certeza de que daqui a pouco será um dos grandes líderes técnicos desse elenco. Não sei se o Dorival já escolheu, mas o que mais me chama atenção nele é a personalidade - definiu Petros.

O apoio vem em boa hora, logo após Lucas se destacar no treino tático comandado por Dorival Júnior. O comandante elogiou o meia algumas veze após bons lances na atividade. Cueva não vive bom momento e está servindo à seleção peruana nas Eliminatórias da Copa de 2018.

De volta a Petros, o jogador também falou sobre a fase do São Paulo, cobrou que o time não pode mais tomar gols e avaliou os próximos confrontos, que serão como uma guerra, segundo ele. Veja os principais trechos da entrevista desta segunda:

Semana de treinos

Tem sido uma semana muito forte de trabalho. Algumas imposições de mudanças por parte do Dorival. Para o grupo foi muito importante. A gente respeita muito a Ponte, mas é uma partida importantíssima para a gente. Na competição, talvez a principal. E a gente espera vencer.

Quais mudanças Dorival pediu?

A mudança que o Dorival pede até agora é que se as coisas não estão dando certo, você tem de mudar. Sair da zona de conforto, com trabalho, porque é isso que traz sua comida, que ajuda sua família. É mudança de caráter, de atitude, de saber que pode fazer algo diferente. Se treina duas horas e pode mais, tem que dar um pouco mais.

Mais cobranças

O principal é que todos entenderam o que ele pediu, e está de acordo. O ser humano é um pouco complicado. Quando as coisas estão bem, dificilmente ele aceita uma crítica construtiva. Quando está mal, aceita de maneira mais simples. É uma situação complicada, a primeira vez que vivo isso, e não vejo a hora de sair, porque está complicado pra mim, para minha família.

Jovens sentem mais neste momento?

Temos, sim, um grupo jovem. Alguns que rodaram muito, e isso ajuda. Nosso trabalho é complicado porque estamos sob pressão 24 horas., e tem de melhorar dia após dia. Mas chegou o momento de chamar a responsabilidade, de pensar se está fazendo o melhor.

Situação do time

A situação é super incômoda. A vitória gera confiança e quando você está ganhando você joga de uma maneira muito bonita até. E assim você tem de dar sua vida, não pode errar. Você se prepara verdadeiramente para uma guerra. Claro que isso tem um peso muito maior. E claro que para os jogadores mais jovens, pesa mais. A gente tem assumido a responsabilidade, tentamos melhorar, e esperamos cada vez mais para a gente se recuperar.

Número de gols sofridos

Isso tem de acabar. A gente tem trabalhado muito, tem feitos trabalhos defensivos muito bons com a comissão. O que acontece é que quando um clube está assim, qualquer erro, finaliza em gol. Lembro que teve a chance de matar em 3 a 2, e um simples erro acaba matando você na partida. Tem de minimizar isso.

Qual melhor Petros: de agora ou do Corinthians?

Não tem cabimento essas comparações. São dois clubes diferentes, dois treinadores, equipes com características diferentes. E é preciso lembrar que não tive pré-temporada, que essa é apenas minha segunda semana de treinamentos, estou aqui há dois meses apenas, minha recuperação é mais demorada. Então meu foco é apenas tirar o São Paulo dessa situação, sem foco no protagonismo, para quem ano que vem, com pré-temporada, vocês e torcida possam me cobrar.

Treinos mais fortes

Treinar assim é fundamental. Os grandes treinadores cobram isso e estou totalmente de acordo. Quando você treina assim, com espírito de vencedor, como fizemos essa semana, dificlmente as coisas dão errado.

Próximos confrontos

São confrontos diretos, tirando o Corinthians, e precisamos vencer todos. A gente respeita muito os adversários, mas precisamos muito vencer essas partidas, porque é fundamental para a gente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos