Ramon exalta retorno a São Januário: 'O sentimento é de volta para a casa'

O Vasco retorna a São Januário na partida contra o Grêmio, neste sábado, pelo Brasileirão. Apesar de ainda não poder contar com os torcedores por conta de punição do STJD, o lateral-esquerdo Ramon exalta voltar a jogar no estádio. Segundo ele, mesmo sem o apoio dos torcedores, o time é mais forte atuando na Colina Histórica.

- O sentimento é de volta para casa. Por mais que não tenha torcida, estávamos com saudades de jogar aqui, esperamos por isso. Também estamos torcendo para que acabe logo essa punição para que a gente possa ter o nosso torcedor de volta aqui. Mesmo não sendo torcida, a gente é muito forte aqui dentro. Então, temos que impor nosso ritmo contra a equipe do Grêmio - disse Ramon, em coletiva de imprensa após o treino desta terça-feira.

Existe a possibilidade de os torcedores se reunirem ao redor do estádio, mesmo sem poder entrar, para apoiar o time. Ramon gostou da ideia e pediu para quem puder comparecer na chegada do time. De acordo com o lateral-esquerdo, isso daria uma motivação a mais.

- A gente estava conversando isso hoje após o treino, que algum jogador disse que eles viriam para cá. Acho que já fizeram isso ano passado. Até para mim seria muito importante. Joguei e não joguei ainda no Caldeirão, estou sentindo falta de ver o Caldeirão cheio, já joguei aqui e sei que faz diferença. Se eles puderem estar aqui na nossa chegada no sábado, com certeza vai motivar ainda mais. Vai dar muito mais vontade de vencer - comentou Ramon, que não vê diferença em enfrenta os titulares ou reservas do Grêmio.

- Isso (reservas ou titulares do Grêmio) não interfere na nossa maneira de jogar Mas o Grêmio está muito forte, conseguiu montar um elenco muito consistente. Eu acho que quem entrar, sendo equipe mista ou não, vai querer mostrar serviço porque tem um jogo importante logo em seguida. Se eu tivesse do outro lado e não estivesse jogando de titular, daria a minha vida para ter uma chance de jogar o próximo jogo. Então, acho que é com esse espírito que eles vão vir para cá. A gente sabe da força do Grêmio, mas a gente vai estar jogando em casa, com a estreia do nosso treinador, um estilo diferente, mas a gente vai estar bem forte e concentrado - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos