Focado nas eleições presidenciais, Galo adia renovação de Robinho, Leonardo Silva e Rafael Moura

O vencimento de Robinho, Leonardo Silva e Rafael Moura, três das principais peças do Atlético-MG, está se aproximando. Os jogadores têm vínculo com o Galo até dezembro deste ano e já podem assinar um pré-contrato com outros clubes, para saírem do Alvinegro de graça. Apesar do período de permanência dos atletas no time estar perto do fim, a diretoria optou por adiar a renovação.

De acordo com o Superesportes, o principal motivo do atraso na definição do futuro dos jogadores é a chegada da eleição presidencial do Atlético-MG, que definirá um novo mandatário para os próximos três anos. Daniel Nepomuceno, atual presidente, ainda não lançou uma nova candidatura, diferente dos conselheiros Fabiano Ferreira e Fred Couto, que se anteciparam e se lançaram previamente para o cargo.

Enquanto isso, Robinho, Leonardo Silva e Rafael Moura aguardam um contato do atual presidente. O camisa 7 vive um de seus piores momentos na carreira. Apesar dos números dos últimos jogos, Robinho foi artilheiro do Galo na última temporada. Em aproximadamente dois anos no time, o jogador marcou 31 gols.

Rafael Moura mandou a bola para o fundo das redes adversárias dez vezes em 40 partidas com a camisa do Atlético-MG. O atacante é reserva imediato de Fred, mas teve atuações como titular neste período. Leonardo Silva, homem de confiança de Micale, é um dos jogadores de mais destaque desta temporada e, aos 38 anos, deve encerrar carreira em Belo Horizonte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos