Lucas Silva volta a uma final de Copa e diz: 'Que a história seja diferente'

Aos 21 anos, em janeiro de 2015, Lucas Silva deixou o Cruzeiro e seguiu como reforço do badalado Real Madrid (ESP). Pouco antes, em novembro de 2014, teve a oportunidade de disputar uma final da Copa do Brasil. A Raposa acabou com o vice-campeonato e viu o rival Atlético-MG ser campeão.

Quase três anos depois, após retornar por empréstimo ao clube que o revelou e pelo qual foi bicampeão brasileiro em 2013 e 2014, o volante tem nova chance de buscar o título. Nesta quinta-feira, no Maracanã, o Cruzeiro enfrenta o Flamengo pela primeira final da competição nacional. O jogo de volta está marcado para 27 de setembro, no Mineirão.

- Realmente foi muito rápido. Tem apenas pouco mais de sete meses que voltei ao Cruzeiro e já tenho a oportunidade de poder disputar uma final dessa grandeza. Em 2014, foi uma decisão muito comentada, até por ser entre dois rivais. Agora também tem grande relevância, com dois dos maiores clubes do país. Todos vão estar de olho neste jogo e tem tudo para ser uma excelente partida - analisou Lucas.

- Fico feliz em poder jogar esta final novamente e espero que dessa vez a história possa ser diferente. Estamos fazendo uma campanha muito boa, um elenco muito forte e experiente. Em 2014, estávamos também na disputa do Brasileiro, conseguimos conquistar, mas na Copa do Brasil não foi possível - afirmou o camisa 16 da Raposa.

Lucas tem 28 partidas este ano e vive seu melhor momento desde o retorno. Nos últimos três jogos, foi titular em todos, marcando um gol e dando uma assistência. Nas últimas 16 partidas, atuou em 13, sendo dez entre os 11.

- É bom poder conseguir voltar a mostrar o meu futebol. Sabia que precisaria de pouco de tempo, ritmo e sequência para evoluir, pois fiquei muito tempo parado. Mas as coisas estão indo bem, estou motivado e pronto para ajudar sempre que for necessário. O grupo está muito preparado e ciente da importância desse primeiro jogo da decisão. Temos de estar o tempo todo atentos para buscar um bom resultado fora de casa - disse o volante.

Em 2014, além de campeão brasileiro, Lucas Silva foi um dos destaques individuais do time, sendo premiado como melhor volante da competição. Na Copa do Brasil daquele ano, atuou na primeira final, mas acabou fora da segunda. Apenas três atletas do atual elenco do Cruzeiro estiveram em campo no segundo jogo decisivo, há três anos: Fábio, Léo e Henrique.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos