Quem joga? Rueda testa Fla com e sem centroavante antes da final

O Flamengo finalizou nesta quarta-feira a sua preparação para o primeiro jogo da final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, na próxima quinta-feira, no Maracanã. Sem Guerrero e Vizeu, Rueda ainda não definiu quem irá começar jogando na frente e disse quem tem mais de uma possibilidade para a escalação inicial.

- Vamos trabalhar duas possibilidades. Jogar sem centroavante e jogar com. Do ponto de vista estratégico, estamos preparados para fazer as duas situações. Tudo depende de como vamos interpretar o jogo e a reação do rival, mas estamos trabalhando das duas maneiras.

Além de Vinicius Jr e Lucas Paquetá, Rueda também admitiu que Berrío pode ser uma opção no comando de ataque. No Atlético Nacional, o comandante já utilizou o camisa 28 na função.

- Sim. Pensamos nessa situação e Berrío no Nacional atuou em um ou dois jogos como centroavante. Tem potência. Um ele começou e outro ele atuou por minutos. Na final da Libertadores em Quito ele atuou assim. É uma possibilidade. Vinicius, Everton, Orlando e todos estão preparados para fazer um bom jogo.

Mesmo com o pouco tempo no futebol brasileiro, Rueda se mostrou por dentro do adversário e elogiou os seus jogadores e também o treinador Mano Menezes.

- O Cruzeiro é uma equipe muito bem estruturada com jogadores experientes e jovens. Conhecemos bem a trajetória de Mano Menezes. Um time que sempre quer jogar bola apenas, gosta de sair jogando. Eles têm boa disposição e fazem um bloqueio muito compacto. Murilo, Léo, Diogo Barbosa, tem Hudson, que tem grande poder de marcação. Tem na frente Thiago Neves e Alisson, que tem uma experiência, sem contar no trabalho do Mano, que fez por onde para chegar a esse momento.

Além da dúvida no comando de ataque, o Flamengo também pode ter mudanças no gol. Muralha e Thiago brigam pela vaga, mas o camisa 38 deve continuar no time titular. Antes da partida, Reinaldo Rueda elogiou Alex.

- Conversamos muito e fizemos um trabalho em dois aspectos. Com Muralha para assumir a responsabilidade, ele é inteligente e equilibrado. Ele assumiu a responsabilidade com o grupo, é muito solidário e tem todo respaldo com a equipe. Trabalha muito bem, não perdeu a alegria. Estamos com essa situação e amanhã na escalação vocês vão ver quem irá iniciar jogando.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos