Tchê Tchê busca boa sequência e não se vê 'dependente' de Moisés no time

Tchê Tchê sabe que em 2017 não jogou tão bem quanto na campanha do título brasileiro do Palmeiras, em 2016. Mas após um bom jogo contra o São Paulo, o último antes da pausa no Brasileiro, o camisa 8 busca com o Verdão uma boa sequência para provar não apenas que pode voltar a ser peça-chave no meio-campo, como também não depende de estar ao lado de Moisés para se destacar.

- Claro que é nítido que caí de rendimento, assumo minha parcela, mas não fui só eu. Como grupo não conquistamos os resultados na temporada. Procuro trabalhar, as coisas que convém eu procuro absorver; as que não, eu escuto e... tranquilo - explicou o meio-campista.

- Mas agora tivemos tempo para trabalhar, o Cuca soube o que fazer para termos uma melhora de rendimento como equipe. Foi muito válido, mas temos de mostrar agora no próximo jogo. Foi melhor trabalhar em cima do resultado positivo do clássico, e vamos colocar o que trabalhamos em campo para ter um bom resultado em BH (sábado, contra o Atlético-MG) - acrescentou.

No último Brasileiro, ele e Moisés foram os motores do time campeão. Neste ano, Tchê Tchê jogou a maior parte do tempo sem o camisa 10, que ficou cinco meses fora após uma lesão no joelho. Para ele, porém, não foi isto que gerou sua queda de rendimento.

- Claro que eu gosto muito do Moisés, a gente dá muito certo. Mas às vezes escuto umas coisas que parece que só vou jogar bola com o Moisés do meu lado. Claro que é um grande atleta, mas discordo um pouco. Tenho minhas qualidades e acho que jogo independentemente se ele estiver em campo, ou não - completou.

Assim como pediu Cuca, o volante sabe bem qual a meta do Palmeiras neste restante de campeonato: ter a melhor campanha do segundo turno e, a partir disso, ver até onde pode chegar. Por enquanto, o Verdão é o quarto colocado, a 14 pontos do líder Corinthians.

- A gente sabe que temos de ter uma melhora, é evidente. As coisas saíram um pouco do nosso controle, não estamos felizes com o que aconteceu na temporada até agora, mas não jogamos a toalha e vamos tentar fazer o melhor Palmeiras que pudermos. Se os outros times derem brecha vamos subindo mais na competição - encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos