Titular, Lucas ainda não conversou com diretoria do Flu sobre renovação

Em janeiro, Lucas foi anunciado como reforço do Fluminense - o primeiro da gestão do preside Pedro Abad, então recém-eleito. De lá para cá, passaram nove meses, mas a titularidade do lateral-direito segue sem ser ameaçada. Experiente, o camisa 2 só fica fora do time de Abel Braga por suspensão ou alguma questão física. A segurança na defesa e os bons avanços ao ataque fazem do jogador um dos nomes mais regulares do Fluminense em 2017.

Emprestado pelo Palmeiras até 31 de dezembro, Lucas ainda não foi procurado pela diretoria tricolor. O fato, no entanto, é visto de forma natural pelo jogador, focado em conquistar os objetivos do Fluminense na reta final da temporada.

- Ainda não conversamos sobre isso. Está acabando (meu empréstimo), mas não conversamos. Ainda tem muita coisa para rolar, muita água para passar debaixo da ponte e temos mais três meses de trabalho. Vou procurar focar nesses meses para conseguir um bom caminho para mim e para o clube - afirmou Lucas, que tem contrato com o clube paulista até o fim de 2018.

Aos 29 anos, o lateral é o quinto jogador que mais atuou pelo Tricolor neste ano. Com 39 partidas disputadas, essa já é a terceira temporada em que Lucas mais entrou em campo em sua carreira. Somente em 2015, pelo Palmeiras (58 jogos), e em 2012, pelo Botafogo (50 jogos), o camisa 2 entrou mais em campo.

A expectativa do jogador é disputar mais jogos e, se tudo der certo, acabar o ano de maneira positiva. No Brasileirão, o Fluminense ainda está na disputa pela classificação para a Copa Libertadores-2018. Nas oitavas da Copa Sul-Americana, o time de Abel Braga está atrás da inédita conquista continental.

- Nossa ideia é chegar no pelotão da frente. Já tivemos algumas chances, mas não alcançamos. Só no início da competição que estivemos entre os quatro primeiros. Temos que colocar na cabeça que uma vitória nos joga para cima e que temos condições de conquistar coisas boas ainda esse ano. Dessa forma, jogo a jogo e com dedicação nos treinos, que vamos tentar buscar o grupo da frente e não largar mais. Quem sabe, acabar o ano com a vaga na Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos