De olho no adversário, Micale estuda jogadas do Palmeiras para moldar o Galo

Para buscar um bom resultado contra o Palmeiras, Rogério Micale estudou o estilo de jogo do adversário e focou no trabalho com bola parada nos últimos treinos. Na atividade desta sexta-feira, o técnico priorizou jogadas na área defensiva e no setor ofensivo, visando o confronto que acontece às 16h deste sábado, no Independência.

De olho na prancheta, onde anota as jogadas do Palmeiras, Micale interrompeu diversas vezes o treino para orientar os atletas na marcação. Após diversos testes no time, a expectativa do técnico é de não ser surpreendido pelo adversário.

- O Cuca é um treinador que dá muita atenção para as bolas paradas, e é importante a gente estar atento. Vimos alguns jogos da equipe do Palmeiras que elas foram muito bem executadas. Temos que estar concentrados, mas nós também temos. Temos que estar atentos, mas temos algo a oferecer quando for a nosso favor. É um treino normal - declarou durante coletiva.

Micale ainda destacou o trabalho que a equipe vem fazendo com o objetivo de garantir uma vaga na zona de classificação para a Libertadores de 2018. Apesar de estar diante de um adversário que ocupa a quarta colocação, com 36 pontos, sete a mais que o Atlético-MG, o treinador se apega ao bom retrospecto do Galo, que vem de quatro vitórias nos últimos jogos, para garantir seu lugar no G6.

- Vejo como uma oportunidade que nós estamos trabalhando para tentar alcançar o objetivo, visualizando o G-6. Vamos enfrentar um dos melhores elencos do futebol brasileiro. Aqui também temos um grande elenco, que está buscando resgatar a sua confiança, principalmente dentro de casa. Conseguimos resultados importantes e amanhã será mais um momento para confirmar isso. Vamos fazer um bom jogo, para colocar tudo aquilo que estamos trabalhando no dia-a-dia - explicou, Micale.

Os mineiros não perdem para o Palmeiras, em jogo do Campeonato Brasileiro, desde 2011. Ao todo são dez jogos entre as equipes, sendo sete vitórias do Atlético e três empates. Apesar de estar confiante, Micale afirma que a quantidade de jogos sem vencer, pode fazer com que o Palmeiras também chegue motivado para a partida e dê dor de cabeça.

- Isso é perigoso para quem fica muito tempo ganhando, porque cada jogo tem a sua história. Isso motiva mais quem está com o tabu contrário. Espero que não seja dessa vez, porque nós precisamos ganhar esse jogo. - Isso é perigoso para quem fica muito tempo ganhando, porque cada jogo tem a sua história. Isso motiva mais quem está com o tabu contrário. Espero que não seja dessa vez, porque nós precisamos ganhar esse jogo. Espero que a história de amanhã seja construída a nossa favor - finalizou o técnico alvinegro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos