Lucas Lima é mais presente e Jadson mais decisivo: qual o maior maestro?

O número mais importante do futebol estará bem representado neste domingo, às 16h, no clássico entre Santos e Corinthians pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Lucas Lima, pelo Peixe, e Jadson, pelo Timão, são camisas 10 consolidados, com experiências na Seleção Brasileira, títulos e marcas incontestáveis ao longo da carreira e que vivem boas temporadas. Mas qual deles é o melhor?

O LANCE! não responderá esta pergunta, mas preparou um levantamento para que você tome sua conclusão e vote no fim da matéria. Dá para resumir assim: enquanto Lucas Lima é mais presente nos jogos do Santos, Jadson é mais participativo em jogadas de gol do Corinthians. Ambos defendem seus clubes desde 2014 (o corintiano teve uma interrupção breve, em 2016) e são respeitados pelos adversários. Inclusive na tarde deste domingo, quando se enfrentam na Vila Belmiro.

É difícil prever algum jogador que poderá resolver o clássico paulista desta rodada do Brasileirão entre tantos bons jogadores. Mas não tenha dúvida de que Lucas Lima e Jadson são fortes candidatos.

O 10 DO SANTOS

Responsável pela armação do Santos, Lucas Lima revelou nesta semana que quer "colocar fogo" no Campeonato Brasileiro. Com o Santos 12 pontos atrás do líder, o meia pretende diminuir a distância e voltar a sonhar com o título poucos dias antes das quartas de final da Copa Libertadores, verdadeiro objetivo do Peixe em 2017.

Peça-chave no esquema tático do técnico Levir Culpi, o camisa 10 vive ótima fase no Santos, tanto que somente nesta temporada já superou o número de assistências alcançadas no ano passado. Foram dez em 2016 e 16 até agora em 2017. Há grandes chances de ultrapassar seu melhor ano, que foi 2015. Confira os números ano a ano.

Em 2014

- 50 jogos em 69 do Santos (72,4% de frequência)

- 5 gols e 9 assistências de 116 gols marcados pelo Santos (participou de 12% dos gols)

Em 2015

- 60 jogos em 71 do Santos (84,5% de frequência)

- 6 gols e 18 assistências de 120 gols marcados pelo Santos (participou de 20% dos gols)

Em 2016

- 47 jogos em 67 do Santos (70% de frequência)

- 5 gols e 10 assistências de 110 gols marcados pelo Santos (participou de 13,6% dos gols)

Em 2017

- 35 jogos em 49 do Santos (71,4% de frequência)

- 2 gols e 16 assistências de 76 gols marcados pelo Santos (participou de 23,6% dos gols)

TOTAL

- 192 jogos, 18 gols e 53 assistências

- 71 participações em gol (0,3 por jogo)

- 74,5% de frequência nas partidas

O 10 DO CORINTHIANS

Responsável pela armação do Corinthians, Jadson volta a jogar na ponta direita da linha de três no esquema 4-2-3-1 neste domingo, quando a equipe do técnico Fábio Carille volta a ter sua escalação considerada ideal. O Corinthians lidera o Brasileirão com 50 pontos e planeja aumentar a distância em relação ao Grêmio, que é segundo colocado, e ao próprio Santos, o terceiro.

No Timão desde fevereiro e jogando desde março, o antes camisa 77 e agora camisa 10 teve um início ainda melhor do que em 2015, quando foi campeão brasileiro e craque do campeonato. A meta em 2017 é repetir os bons números e também a conquista ao fim do ano. Confira os números ano a ano.

Em 2014

- 44 jogos em 63 do Corinthians (69,8% de frequência)

- 8 gols e 14 assistências de 93 gols marcados pelo Corinthians (participou de 23,6% dos gols)

Em 2015

- 59 jogos em 71 do Corinthians (83% de frequência)

- 16 gols e 24 assistências de 123 gols marcados pelo Corinthians (participou de 32,5% dos gols)

Em 2017

- 33 jogos em 53 do Corinthians (62,2% de frequência)

- 8 gols e 5 assistências de 68 gols marcados pelo Corinthians (participou de 20% dos gols)

TOTAL

- 136 jogos, 32 gols e 43 assistências

- 75 participações em gol (0,5 por jogo)

- 71,6% de frequência nas partidas

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos