Procuradoria do STJD deve denunciar Flamengo por desordem na decisão

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deve denunciar o Flamengo por 'desordem' na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, no Maracanã. Antes da bola rolar, houve invasões nas entradas do estádio. Muitos torcedores também foram flagrados invadindo o Setor Norte, pulando as grades em meio a disputas com seguranças. Uma equipe da Procuradoria do tribunal está analisando as imagens e deve publicar a acusação até a próxima quinta-feira.

 

O clube rubro-negro também pode responder por falha na infraestrutura, já que foi o mandante do jogo. Contudo, caso seja punido, com perdas de mandos de campo e afins, o Flamengo só vai responder pelos problemas na próxima edição da Copa do Brasil, em 2018.

 

Apesar das muitas brigas e confusões do estádio, o Flamengo só deve ser responsabilizado pelos problemas registrados nos acessos do Maracanã.

 

O Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) teve muito trabalho na final da Copa do Brasil. A grande maioria das confusões foram causadas por tentativas de invasões. Muitos torcedores conseguiram entrar no estádio sem ingresso. O problema vem se tornando frequente nos jogos do Rubro-Negro. A situação vêm ocorrendo também na Ilha do Urubu.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos