Que dupla! Bochecha e M. Fernandes querem repetir as glórias da base

Todo torcedor sonha em ver uma geração que brilhou nas categorias de base repetir a dose nos profissionais. No Botafogo, não é diferente: campeões brasileiros sub-20 no ano passado, Matheus Fernandes e Bochecha, promovidos em janeiro e amigos de longa data, têm chances de formar a dupla de volantes do Alvinegro no clássico com o Flamengo, no próximo domingo, às 19h, pela 23° rodada.

Isso porque o Glorioso deve poupar na partida do Nilton Santos e ainda vê os titulares João Paulo e Lindoso se recuperarem de lesões. O primeiro tem mais chances de pelo menos sair jogando. Muito utilizado pelo técnico Jair Ventura, Matheus se recuperou de uma torção no tornozelo esquerdo na última partida justamente contra o Flamengo, no dia 23 de agosto.

Liberado pelo DM no treino da última quinta-feira, o menino de 19 anos crê que é possível fazer sim uma dupla com o antigo companheiro Bochecha.

- Tem sim. É só cada um buscar o seu espaço. Ele tem que fazer o trabalho dele. Quem sabe a gente joga juntos - opinou Fernandes, que substituiu o

machucado e estreante Bochecha na vitória de 2 a 1 sobre o Macaé, em fevereiro pelo Carioca.

E a lesão do menino dois anos mais velho foi grave. Ele operou uma

ruptura no joelho direito e só voltou há nove dias. Agora, resta saber se os heróis das categorias de base conseguirão mostrar também todo o seu entrosamento nos profissionais do Botafogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos