Mourinho se recusa a cumprimentar técnico do Stoke após empurrão

O Manchester United não conseguiu furar o bloqueio e parar o ímpeto do Stoke City e acabou ficando no empate por 2 a 2 pela Premier League. Os acontecimentos, porém, não ficaram restriros aos jogadores dentro das quatro linhas. Fora, o técnico José Mourinho voltou a se envolver em uma polêmica após deixar de apertar a mão de Mark Hughes.

De acordo com o "The Telegraph", tudo começou na área técnica, quando Mourinho tentava passar instruções para seus jogadores. O português ficou mais perto da área onde o United atacava e, consequentemente, próximo a Hughes, que o empurrou.

- Hughes também andou pedindo ao árbitro para expulsar o José. E no final, José deixou o gramado sem apertar a mão dele porque não cumprimenta ninguém que o insulta - acrescentou a fonte ouvida pelo diário inglês.

Irritado com o episódio, Mourinho se recusou a responder sobre o caso em uma entrevista pós-jogo à emissora britânica "BBC".

- Prefiro não responder esta pergunta porque é uma pergunta ruim. Eu não falo sobre coisas estúpidas, sou muito velho para isso. Falar sobre coisas estúpidas é para pessoas estúpidas - disse.

Já Hughes comentou o ocorrido em sua coletiva de imprensa após o confronto. A transmissão do jogo captou um momento em que o comandante do time da casa insultou o português quando o mesmo foi ao banco do Stoke cumprimentar o resto dos jogadores e comissão técnica.

- Parece que estou sempre envolvido nessas questões dos cumprimentos... Estendi a minha mão a ele, mas não a aceitou. Talvez não tenha gostado do resultado. Por vezes esses técnicos de topo não estão habituados a ter estes resultados e isso acaba os deixando chateados - afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos