Rueda avalia empate como 'bom' e quer Fla guerreando na Sula

Após empatar com a Chapecoense no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, Reinaldo Rueda falou sobre a postura do Flamengo na Arena Condá e afirmou que em jogos internacionais, é mais importante "guerrear" do que "jogar bonito".

- A partida de Sul-Americana as vezes é para guerrear e não jogar bonito. O Flamengo quer jogar bonito, mas as partidas internacionais são em um nível altíssimo. É o momento de se acostumar ao que é uma competição internacional. Jogaremos bonito, para a arquibancada, quando estiver 6 a 0 no placar. No 0 a 0 temos que guerrear, competir e lutar.

Mesmo com a análise feita, o treinador colombiano avaliou como "bom" o empate contra a Chapecoense fora de casa.

- Foi um resultado bom, lembrando que é um duelo decidido em 180 minutos.

Perguntado sobre a opção por Diego Alves, Rueda falou que a escolha do camisa 24 - na Copa Sul-Americana - foi pelo ritmo de jogo, mas lembrou que Thiago e Muralha estão trabalhando duro para a final contra o Cruzeiro.

- Contra o Botafogo, Diego Alves atuou e hoje chegou com mais ritmo do que Alex e Thiago. A Chapecoense também tem um jogo aéreo muito forte, por isso tivemos essa decisão. Os dois estão trabalhando forte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos