Corinthians tem a força defensiva em xeque; confira dois dados que provam

Foi a defesa a principal responsável pelo Corinthians ter alcançado o status que tem atualmente, de campeão paulista, líder disparado do Campeonato Brasileiro e vivo nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Porém, em meio à má fase das últimas semanas, a força do setor está colocada em xeque. Já são três jogos sem vitória na temporada, e a partida desta quarta-feira contra o Racing (ARG), pela Copa Sul-Americana, fez o Timão alcançar a marca de 30 gols sofridos em 55 compromissos, contando pré-temporada e torneios oficiais.

Dois dados comprovam a instabilidade do setor nesta sequência recente de atuações. O primeiro é o seguinte: nos últimos oito jogos na temporada, o Corinthians foi vazado seis vezes: uma contra o Flamengo (empate em 1 a 1), uma contra o Sport (vitória por 3 a 1), uma contra o Vitória (derrota por 1 a 0), uma contra o Atlético-GO (derrota por 1 a 0), duas contra o Santos (derrota por 2 a 0) e mais uma diante do Racing (empate em 1 a 1). Foram sete gols sofridos em seis jogos da sequência recente de oito apresentações - o time passou em branco nas vitórias diante de Atlético-MG (2 a 0) e Chapecoense (1 a 0).

Mais um dado: é apenas a segunda vez na história que o Corinthians sofre gols em cinco partidas consecutivas dentro da Arena, sendo que a outra sequência foi entre abril e junho de 2015, nos jogos contra Palmeiras (duas vezes), Guaraní (PAR), Internacional e Figueirense. Em 2017 os algozes foram Racing, Atlético-GO, Vitória, Sport e Flamengo.

No último dia 23 de agosto, na vitória por 1 a 0 contra a Chapecoense, o Corinthians alcançou a incrível marca de 30 partidas sem ser vazado no ano, o que só aumentou o prestígio do setor defensivo elogiado e trabalhado por Fábio Carille. A marca se mantém, mas agora são 55 partidas e 30 gols sofridos nos outros 25 compromissos que completam a lista de 2017. Para o zagueiro Pablo, uma das referências do setor, o motivo da oscilação é simples: falta de concentração.

- É concentração, no futebol se você dá um deslize, você erra muito dentro de jogo. Então, quando você está com um nível de concentração alto você erra menos. Concentração é um detalhe a mais no futebol, quando você está bem concentrado, a chance de errar é pequena. Quando erra é porque faltou concentração - argumenta o camisa 3.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos