Denúncia: ambulantes revenderam copos personalizados do Botafogo

Além do resultado em campo, que não foi o desejado, o Botafogo tem mais do que estar insatisfeito pela noite da última quarta-feira. Ocorre que ainda, antes da partida contra o Grêmio, a primeira pelas quartas de final da Copa Libertadores, ambulantes que trabalharam dentro do Estádio Nilton Santos compraram grandes quantidades de copos personalizados e revenderam por até o dobro do preço.

O fato ocorreu pelo menos no setor Leste Superior. Torcedores que entraram relativamente cedo, por volta das 20h30, procuraram pelos objetos, a princípio comercializados em estandes da Meu Copo Eco por R$7,00. Os relatos são de que já nesse horário não havia mais. Porém, poucos metros adiante, ambulantes em no mínimo dois quiosques faziam a revenda por R$10,00 e até por R$15,00.

- Se não quiser comprar, eu levo para casa - chegou a dizer um deles, em forma de pressionar um torcedor a comprar o produto.

Tais ambulantes, que habitualmente vendem bebidas, acabam por lesar o consumidor, pelo preço abusivo, e, de certa forma, o clube cujo estádio trabalharam. O Glorioso e a Meu Copo Eco possuem parceria, e o copo ecológico, no estande da loja, pode ser devolvido.

Após contato da reportagem, o Botafogo se posicionou oficialmente:

"Vamos notificar os permissionários sob pena de rescisão do contrato e apelamos para que o torcedor não compre".

De fato, a ação é bem semelhante à do cambismo de ingressos. Crime de quem vende, risco de quem compra. O copo, assim como o bilhete de entrada, pode ter sido falsificado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos