Jogador do Bayern é condenado a pagar multa por agredir ex-noiva

Denunciado por violência doméstica há cerca de três meses, o atacante Kingsley Coman, de 21 anos, foi condenado ao pagamento de 5 mil euros (R$ 18,6 mil). Isso porque ele agrediu sua ex-noiva, Sephora Goignan, mãe de suas filhas Leyana e Kaylee, em Paris.

De acordo com o jornal alemão "Bild", o jogador confessou o episódio, lamentou os incidentes, mas escapou de uma nova detenção. Vale lembrar que em junho, Coman chegou a ser detido pela polícia em Seine-et-Marne. Sua ex-noiva prestou uma queixa, mas o atleta foi solto algumas horas depois. Os dois teriam discutido no último final de semana, quando ele a agrediu.

De acordo com o jornal "L'Equipe", o problema aconteceu quando Sephora Goignan utilizou uma conta do ex-noivo em uma rede social para fazer propaganda, sem autorização do jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos