Jorge Wilstermann massacra River Plate em Cochabamba

O Jorge Wilstermann fez mais uma vítima na Libertadores. Em Cochabamba, o time boliviano bateu o poderoso River Plate por 3 a 0 e agora pode perder até por um gol para avançar no torneio. Já a equipe argentina, necessita igualar o marcador para decidir nos pênaltis ou vencer por quatro gols de diferença.

O duelo da volta acontece na próxima quinta-feira, no Monumental de Núñez, às 19h15 (horário de Brasília).

O jogo

O Jorge Willstermann começou o duelo em cima do River. Através da bola aérea, o time boliviano levava perigo e logo aos 4 minutos abriu o placar com Zenteno, que aproveitou o levantamento e pegou de primeira, sem chances para o goleiro Lux, 1 a 0.

Melhor em campo, o time da casa cresceu ainda mais com o gol e chegou a ampliar o marcador com Serginho. Porém, o bandeira anulou o gol ao assinalar impedimento do atacante.

O River pouco apresentava em campo. Presa fácil ao adversário, o time comandado por Marcelo Gallardo não conseguia chegar perto do gol e facilitava a marcação do Wilstermann.

Segundo Tempo

No começo do segundo tempo o River Plate criou a primeira chance real no jogo. Após cruzamento da direita, Scocco cabeceou no contrapé de Oliveras e Alex Silva tirou em cima da linha.

Na sequência do lance, o Wilstermann ampliou. No contra-ataque, Alvaréz aproveitou levantamento e mandou no cantinho de Lux, 2 a 0.

Aos 17 minutos um gol perdido de maneira inacreditável pelo River. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou na pequena área para Scocco e o atacante, sem goleiro, conseguiu mandar por cima do gol.

Com mais presença no campo de ataque, o River Plate era melhor em campo e chegava através de chutes de fora da área. Em um deles, Ignacio Fernández obrigou Olivares a se esticar todo para evitar o gol.

Aos 36 minutos o gol que enterrou qualquer chance de reação do River. Em rápido contra-ataque, Christian Machado avançou com a bola e soltou a bomba para vibrar com mais um gol do time boliviano no jogo.

No fim, o Wilstermann segurou a pressão argentina de todas as formas e vibrou muito com a vantagem de 3 a 0.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos