André Villas-Boas será julgado por acusações contra o Guangzhou

Nesta sexta-feira, a Confederação Asiática de Futebol (AFC) abriu um processo disciplinar contra o treinador André Villas-Boas, do Shanghai SIPG. Isso porque nessa semana, ele acusou o Guangzhou Evergrande de criar diversas situações para prejudicar seu clube.

O SIPG equipe perdeu por 5 a 1, no jogo de volta da Liga dos Campeões da Ásia, na última terça-feira. Apesar disso, conseguiu a classificação nos pênaltis, depois de vencer a ida por 4 a 0.

- Como resultado dos comentários, a AFC abriu processo disciplinar com base no artigo 50.1 do Código de Disciplina e Ética da AFC. O caso será julgado pelo Comitê Disciplinar e de Ética da AFC em data a ser confirmada - diz a nota oficial da confederação.

Villas-Boas também fez questão de cirticar a atuação da arbitragem nos dois confrontos, além do tribunal disciplinar.

- Viemos para o estádio de ônibus. Durante o percurso, os mesmos dois carros se envolveram em três acidentes diferentes na nossa frente - reclamou o treinador português.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos