Horta lidera pesquisa no Vasco, mas empata tecnicamente com Brant

Foi divulgada na tarde desta sexta-feira uma pesquisa eleitoral para a presidência do Vasco encomendada pelo candidato de oposição Fernando Horta. Foi a primeira pesquisa divulgada com todos os dados técnicos para a categoria. Nela, Horta aparece em primeiro lugar com 29% (24/34) dos votos. Mas figura em empate técnico com Júlio Brant, também de oposição, com 21% (16/26). A margem de erro é de cinco pontos percentuais para mais ou para menos.

Atual presidente do Vasco e postulante pela situação, Eurico Miranda aparece na terceira colocação, com 17% (12/22) dos votos. Alexandre Campello é o quarto colocado, com 16% (11/21). A vice-liderança, com isso, também está em empate técnico por conta da margem de erro entre Brant, Eurico e Campello. Também candidato de oposição, Otto Carvalho está em último lugar com 3% (0/8) dos votos. Dos entrevistados, 5% (0/10) afirmaram que não irão votar em nenhum e 9% (4/14) estão indecisos.

A pesquisa teve Fausto Moreira como responsável técnico. Segundo comunicado, ele foi o profissional que acertou o resultado das eleições do Vasco de 2014. A amostragem foi de 521 entrevistas telefônicas com sócios-votantes em todas as categorias do Vasco, no período entre 4 de setembro e a última quinta-feira. O intervalo de confiança da pesquisa é de 95%.

Também foram divulgados os índices de rejeição dos postulantes à presidência do vasco - a eleição que decidirá o presidente para o triênio 2018/2020 está marcada para o dia 7 de novembro. Eurico Miranda lidera com 54% (49/59), seguindo por Júlio Brant com 16% (11/21), Fernando Horta 5% (0/10), Alexandre Campello 4% (0/9) e Otto Carvalho 3%. Não rejeitam nenhum 8% (3/13) e 10% (5/15) não quiseram opinar.

O LANCE! entrou em contato com todos os candidatos para pegar comentários sobre a pesquisa. Confira abaixo em ordem alfabética.

ALEXANDRE CAMPELLO (Frente Vasco Livre)

"Pesquisa, cada um tem a sua. Não acreditamos que o desejo do sócio é pelo continuismo. Continuamos trabalhando para dar ao Vasco o que ele precisa: uma gestão moderna, transparente, responsável e financeiramente equilibrada. Convido as mulheres vascaínas a irem neste sábado, às 8h, para um encontro comigo no hotel Windsor Flórida, no Catete. Entrada gratuita e terá café da manhã"

EURICO MIRANDA (Reconstruindo o Vasco)

"A campanha não comenta pesquisa, ainda mais quando nem a lista completa de eleitores foi divulgada. Mera propaganda. Quem não tem voto na urna tenta ter na pesquisa"

FERNANDO HORTA (O Nosso Vasco é Diferente)

"Estamos felizes com o resultado e trabalhando muito por uma Mudança com Segurança no Vasco. Se os meus adversários não acreditam na nossa pesquisa, que encomendem e paguem uma deles e a divulguem, oras. A nossa é tecnicamente perfeita. Não é enquete de internet, sem base científica nenhuma como eles estão fazendo por aí. Estamos crescendo entre os sócios e estamos felizes"

JÚLIO BRANT (Sempre Vasco)

"A Chapa Sempre Vasco convida as demais chapas para uma pesquisa com auditoria independente. Qualquer outra pesquisa sem registro não representa o real universo eleitoral do clube. Principalmente, uma pesquisa "encomendada" com números questionáveis. Por exemplo: baixo número de indecisos sendo que três das cinco chapas não lançaram candidatura; Existem indícios, que circulam na internet, onde o instituto de pesquisa possui relações de sociedade com o responsável pelo marketing da campanha do Horta; Por outro lado, se eles nos colocam em segundo lugar em uma pesquisa "encomendada" para tentar alavancar uma candidatura questionada por ser da situação, mostra que temem a Chapa Sempre Vasco e sabem que somos os líderes; É uma tentativa de tumultuar a possível união entre a oposição e desacreditar o método proposto por nós para unir as chapas"

OTTO CARVALHO (Ao Vasco Tudo)

A reportagem ainda não recebeu retorno do candidato

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos