Abel projeta evolução de Scarpa no Fluminense com o retorno de Douglas

Se a torcida do Fluminense pegou no pé de Gustavo Scarpa no mês passado, Abel Braga fez questão de protegê-lo das críticas. Desde que readquiriu a forma física após a lesão, o treinador nunca colocou o meia no banco por questões técnicas. Em algumas partidas, inclusive, sacrificou o atleta em outras posições, por conta das lesões no elenco e poucas alternativas no banco. Problema esse que parece ter acabado com a volta de Douglas aos gramados.

- Procuro usar o Scarpa de uma maneira que tenha menos desgaste possível. Nos jogos passados não tinha o Douglas. Ganhei mais um jogador de transição. O Scarpa não precisa mais buscar a bola no zagueiro porque o Douglas faz isso. Estava muito mais em evidência para organizar a equipe - explica Abelão.

De volta após três meses fora, o volante criado em Xerém foi titular nas duas últimas partidas e aliviou o trabalho do camisa 10 na criação de jogadas. Desde 2015, os dois fazem parte do elenco profissional do Fluminense e se conhecem bem. Neste ano, a dupla havia feito boas exibições na Taça Guanabara, até as lesões aparecerem. Juntos novamente, podem reeditar a parceria em campo.

- Vínhamos demonstrando esse entrosamento desde o início do ano. O Scarpa é um excelente jogador e um parceiro meu. Tenho certeza que a fase boa dele voltará e ele vai nos ajudar muito, com gols e boas atuações - garante Douglas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos