Avaí e Galo empatam na Ressacada em duelo do meio da tabela

Nem tão bom mas nem tão ruim. Assim pode ser resumido o empate entre Avaí e Atlético-MG na manhã deste domingo, pela 24ª rodada do Brasileiro. O placar de 1 a 1 não deixou os times perto dos seus objetivos (Libertadores e se afastar do Z4, respectivamente), mas ainda foi um ponto precioso para seguir vivo na competição.

A partida começou com o Atlético-MG tentando se impor na casa do adversário. Ainda nos minutos iniciais, o Galo chegou com perigo ao gol do Avaí, com cabeçada de Fred passando muito perto da trave. O Avaí se contentava em se fechar na defesa e esperar por uma bola certeira de contra-ataque.

Ainda na primeira etapa, um desfalque importante para o time de Rogério Micale: após dividida, Valdívia sentiu dores fortes no joelho direito e não pode seguir na partida. Clayton entrou em seu lugar, aos 22 minutos de jogo. Neste momento, o Avaí até conseguia criar chances, mas era o Galo quem chegava com perigo ao gol de Douglas.

Ao fim do primeiro tempo, no entanto, mais uma máxima do futebol se fez presente em campo: quem não faz, leva. E foi o Avaí quem abriu o placar na Ressacada. Aos 45 minutos, Júnior Dutra cruzou para trás em busca de Leandro Silva, mas o lateral furou. A bola sobrou para Wellington Simião, livre, chapar no canto do goleiro Victor, sem chances de defesa.

No segundo tempo, o Atlético-MG entrou em campo determinado a empatar a partida. O Avaí se contentava com a vitória parcial e congestionou o campo de defesa. Micale lançou Robinho no lugar de Cazares e o time atleticano foi com tudo para cima do Avaí, os dez jogadores de linha avançando para ocupar o campo de ataque.

Os frutos da estratégia do Galo chegaram já no fim da segunda etapa: após contra-ataque rápido, Marcos Rocha cruzou na medida para Otero cabecear no canto, sem chances de defesa para o goleiro Douglas.

Aos 42 minutos, o Atlético ainda perdeu um jogador, quando Elias foi expulso. Já amarelado, o volante matou contra-ataque do Avaí e recebeu o segundo amarelo. Com cinco minutos de acréscimos, o Avaí tentou tirar vantagem de ter um homem a mais, mas não dava tempo para mais nada. Empate na Ressacada.

Com o resultado, o Atlético-MG ganhou uma posição, somando 31 pontos na 11ª colocação. Já o Avaí foi para a 13ª posição, com 29 pontos.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio da Ressacada, Florianópolis (SC)

Data-Hora: 17/9/2017 - 11h

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Auxiliares: Leone Carvalho Rocha (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

Público/renda: 9.527 pagantes/R$ 212.972,00

Cartões amarelos: Fabio Santos, Elias e Marcos Rocha (CAM), Judson e Romulo (AVA)

Cartões vermelhos: Elias (CAM)

Gols: Wellington Simião (45'/1ºT) (1-0); Otero (37'/2ºT) (1-1)

?

AVAÍ: Douglas; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Judson (Airton, aos 35'/2ºT), Wellington Simião e Pedro Castro (Luan Pereira, aos 40'/2ºT); Willians (Romulo, aos 27'/2ºT), Joel e Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares (Robinho, aos 10'/2ºT), Valdívia (Clayton, aos 22'/1ºT) e Luan (Otero, aos 28'/2ºT); Fred. Técnico: Rogério Micale.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos