Fora da zona de rebaixamento, Chape precisa ter cautela para os próximos jogos

Na noite do último domingo, a Chapecoense se saiu melhor em campo e venceu o Grêmio por 1 a 0, em Porto Alegre. O resultado tirou a equipe da zona de rebaixamento e deu confiança ao time que agora volta a focar na decisão das oitavas de final da Copa Sul-Americana contra o Flamengo, na próxima quarta-feira.

Após o jogo contra o Grêmio, o diretor executivo de futebol da Chape, Rui Costa, afirmou à Rádio Super Condá, que o clube terá que trabalhar com inteligência para garantir uma vaga nas quartas do torneio continental e se manter fora da zona vermelha do Campeonato Brasileiro.

- Temos que respeitar o torcedor, que gosta dessa competição. Faz parte do imaginário do nosso torcedor ganhar uma Sul-Americana, imagina o que representaria isso para o clube, mas temos que ser inteligentes no planejamento - declarou o mandatário.

Apesar de estar trabalhando com foco na decisão contra o Flamengo, Rui Costa também explicou que todos os jogadores passarão por avaliação do departamento médico antes que seja definido o time que brigará pela vaga nas quartas de final da Sul-Americana, destacando o fato de que a permanência na Série A é o objetivo do Índio Condá.

- Vamos avaliar o grupo, com departamento médico, fisiologia, para ver quem está apto para jogar um jogo dificílimo contra o Flamengo, para mostrar que temos um grupo, não um time. Viram que atletas entraram em muito bom nível, então vamos com força contra o Flamengo, para tentarmos nos classificar, mas evidentemente sabendo que o mais importante é ficar na Série A - explicou o executivo.

Para cravar sua permanência no meio da tabela, pelo menos por enquanto, a Chapecoense já está de olho na Ponte Preta, próximo adversário e concorrente na briga por posição no Campeonato Brasileiro. Apesar de incentivar a força do Índio Condá contra a Macaca, o diretor de futebol, João Carlos Maringá não deixa de lado a importância de garantir uma boa atuação diante do Flamengo.

- Temos um compromisso importante com o Flamengo fora de casa, uma competição que a Chape é atual campeã, temos que respeitar isso, ver que time o Emerson vai entrar na quarta-feira. Porque tem muita gente desgastada, hoje o jogo foi violento, muito corrido. Mas temos que enfrentar o Flamengo honrando a camisa, mas nosso grande jogo é contra Ponte (Preta) que é nosso concorrente direto agora. Temos que pensar muito - declarou.

A decisão das oitavas de final da Copa Sul-Americana acontece às 19h15 desta quarta-feira, no estádio Luso Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos