Rodriguinho diz que não avisaria gol irregular e vê exagero com Corinthians

  • RODRIGO COCA/ELEVEN/ESTADÃO CONTEÚDO

O gol de braço marcado por Jô na vitória por 1 a 0 em cima do Vasco ainda é assunto no Corinthians. Na manhã desta segunda-feira, Rodriguinho deu entrevista coletiva e comentou sobre o lance polêmico. O meia do Timão disse que seria difícil avisar em algumas situações e jogou a responsabilidade para os árbitros.

"Acho legal a discussão do fair play, mas não pode ser exagerada. Certas coisas ninguém vai fazer. Se eu fizer um gol impedido, não vou ser eu que vou falar. Ninguém faz isso. O assunto rende bastante. Tem de ser o jogo mais limpo possível, sem tirar vantagem. Mas explicando o lance do Jô, ele estava dividindo ali, a gente às vezes não sabe onde a bola pega. Tem que ver na TV. Pegando o cara saindo de campo, é complicado. Ele falou que não pegou, mas ali ele não tem a noção exata do que aconteceu", opinou Rodriguinho.

"O árbitro está ali para ver essas coisas. São seis árbitros, então eles que têm de tomar a decisão. Estamos lá para jogar futebol e fazer nosso melhor", disse.

Jô foi criticado principalmente porque apoiou a atitude de Rodrigo Caio na semifinal do Paulistão, quando o zagueiro do São Paulo avisou ao árbitro que o atacante do Corinthians não havia se chocado com o goleiro. Com isso, o juiz voltou atrás e anulou o cartão amarelo que deixaria Jô suspenso para o duelo de volta.

Após a partida de domingo, Jô disse que avisaria se tivesse convicção de que a bola havia batido no braço. Nesta segunda, foi a vez de Rodriguinho dar sua opinião sobre o assunto.

"Não querendo justificar, mas são lances distintos. É muito difícil alguém em um gol falar que bateu na mão ou que estava impedido. Acho que ninguém vai fazer isso. O que o Rodrigo Caio fez é uma coisa para enaltecer, é um fair play muito legal. Mas se a gente começar a discutir cada lance se estou impedido ou não, é muito complicado. É uma discussão muito longa, cada um tem sua opinião, é muito complicado", afirmou Rodriguinho.

O meia ainda disse acreditar que há um exagero em lances polêmicos com o Corinthians. Durante a entrevista coletiva, Rodriguinho chegou a lembrar dos jogos contra Coritiba e Flamengo, quando o Timão teve gols anulados erradamente.

"Acho que quando é ao nosso favor, a maioria das pessoas pega bem pesado. Quando é contra a gente, é esquecido rapidamente. Mas são coisas que estamos acostumados aqui dentro", declarou Rodriguinho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos