Borja marca belo gol e fica na bronca com cobrança em treino do Palmeiras

Borja se incomodou com uma cobrança que recebeu durante o treino desta quarta-feira, de Thiago Santos. O volante reclamou com o colombiano, pedindo que ele brigasse por uma jogada durante a atividade, deixando o camisa 9 na bronca. Ele chegou a sair do campo e teve depois um papo com Cuca e o próprio Thiago, resolvendo a questão.

Quando Borja estava do lado de fora de campo, Cuca foi ao seu encontro e deu algumas palavras de apoio ao centroavante, que tem sido reserva e não marca há dois meses pelo Verdão. Seu último gol foi no dia 21 de junho, contra o Atlético-GO. O jogador foi para o vestiário até conversando com Thiago Santos.

O principal questionamento sobre o ex-atacante do Atlético Nacional (COL), desde que Eduardo Baptista era o técnico, é sua participação sem a bola. No Palmeiras, a intenção é recuperar o jogador, contratação mais cara do clube, por quase R$ 35 milhões - o aporte foi feito pela Crefisa, patrocinadora do clube.

Com 33 partidas pelo Palmeiras, o camisa 9 foi titular em 17 e fez apenas sete jogos completos. Com sete gols, convive com um jejum de 13 jogos e é o reserva de Deyverson, o que deve ser mantido no jogo de domingo, contra o Fluminense.

No trabalho desta terça-feira, Borja marcou um belo gol, em jogada trabalhada com Zé Roberto. Contra o Coritiba, ele entrou na vaga de Deyverson e movimentou-se bem, criando até uma chance, travada pela defesa do Coxa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos