Marciel se abre: da tristeza à estreia internacional (passando pelo cabelo)

  • Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

    Medicamento para tratar queda de cabelo o afastou do futebol

    Medicamento para tratar queda de cabelo o afastou do futebol

Marciel reestreou pelo Corinthians no clássico contra o Santos, em 10 de setembro, e ainda atuou no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana três dias depois, contra o Racing (ARG). Depois de ficar fora contra o Vasco, ele retorna ao time titular nesta quarta-feira, às 21h45, no confronto de volta do torneio internacional. Ele segue improvisado na lateral esquerda para substituir Guilherme Arana, mas vai aparecer no estádio Presidente Perón com uma novidade: ao contrário dos dois jogos anteriores, agora ele tem cabelo.

Em entrevista concedida ao LANCE! no palco do jogo decisivo contra o Racing, o camisa 22 do Corinthians revelou que fez aplicação de uma prótese capilar para cobrir as falhas do cabelo ocasionadas por uma doença chamada "alopecia areata", que gera queda dos fios em pessoas com níveis elevados de estresse e ansiedade. Foi por conta de um medicamento ingerido para tratar deste problema (e que pode ser flagrado no exame antidoping) que Marciel ficou cinco meses fora de ação. Mas agora ele está de volta. E mais bonito, como diz.

"Ainda falta muito para controlar (a doença), vai demorar bastante para crescer o cabelo de vez. Então eu coloquei uma prótese para esconder os buracos, porque estava muito feio. Os torcedores não conseguiam ver os buracos, porque eu passava tinta para esconder, mas para evitar isso decidi botar a prótese, fica melhor assim. É estranho, mas as pessoas vão se acostumar, estou me sentindo melhor", conta o jogador do Timão, que tem posado até de franja nos últimos dias.

Marciel tem apenas 18 partidas como profissional do Corinthians e fará sua estreia em competições oficiais fora do país justamente nesta quarta-feira, diante de cerca de 40 mil pessoas, na Argentina, e ainda numa partida decisiva da Copa Sul-Americana contra um rival de tradição. Nada disso o assusta. A ponto de ele revelar uma meta para a partida contra o Racing: a assistência para o gol da classificação às quartas de final. Para quem não tinha cabelo até pouco tempo, mas hoje capricha no penteado e ainda voltou em alto nível após cinco meses sem jogar, isso não parece um grande desafio.

"Como o jogo é fora de casa temos que nos preocupar com a defesa para não tomar gols, mas no contra-ataque é fazer o que eu sei, ir para dentro dos caras em todas as jogadas. E se Deus quiser pelo menos dar um passe para um gol, acertar um cruzamentinho de gol. Quem sabe"?

CONFIRA OUTRAS DECLARAÇÕES DE MARCIEL AO LANCE

- ESTREIA INTERNACIONAL

"Fora do país pelo Corinthians só joguei em janeiro, na pré-temporada. Competição oficial ainda não. Minha expectativa é de fazer um bom jogo, Sul-Americana a gente sabe que é um campeonato difícil. Já chegamos até aqui, então espero que nossa equipe faça um bom jogo e passe de fase."

- SUBSTITUIR O MELHOR DO BRASIL

"Para mim o Arana é o melhor lateral-esquerdo que tem hoje no Brasil mesmo, como disse o Carille. Substituir ele é difícil, tenho que dar conta do recado, fazer minha parte para representar bem a função que ele faz."

- MATURIDADE EM JOGOS GRANDES

"Já estou há quatro anos no profissional do Corinthians, para mim já foi essa fase de ficar ansioso com pressão. Quero chegar, fazer um bom jogo e se Deus quiser sair com a vitória. Contra o Santos me comportei bem, fiz um bom jogo tirando o cansaço. A equipe foi bem e agora é concentrar para essa decisão."

- COMPORTAMENTO DURANTE CINCO MESES PARADO

"Não é fácil. Eu era um jogador que não recebia muita oportunidade e na hora me abalei um pouco mesmo. Mas decidi não baixar a cabeça, só fiz o que eu sempre fiz, treinando forte. Agora voltar e estar recebendo oportunidade foi ótimo. O Arana ficou fora, só tinha eu e o Moisés, que teve chances e deu conta, mas como já atuei em janeiro e fui bem isso me fez estar aqui hoje."

- ANO DE AFIRMAÇÃO

"2017 ainda não acabou, espero que no decorrer do campeonato eu tenha bastante oportunidades e continue assim em 2018. Estou pronto."

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos