Palavras fortes de ex-jogador do Barcelona dão o tom da decisão na Libertadores

Não demonstrando qualquer tipo de vaidade ou mesmo presunção no que diz respeito a um plantel do qual fez parte, o ex-atleta do Barcelona de Guaiaquil, Manuel Uquillas, não ficou em cima do muro sobre opinar qual elenco era melhor, o atual ou o de sua época em 1990.

E, durante entrevista que foi concedida no Equador a Radio City, o hoje ex-jogador foi categórico ao classificar que, em 2017, o plantel do Barce é mais qualificado:

"A equipe do Barcelona que chegou a final da Libertadores de 1990 era uma equipe muito forte. Mas eu penso que a equipe que hoje tem o Barcelona é muito superior a que nós tínhamos porque tem dois jogadores por posição, quase com as mesmas condições, tem muita reposição e eu creio que esse plantel é muito mais poderoso do que o de 1990."

Além desse ponto, o ex-atacante do time amarelo que foi vice-campeão continental em 90 perdendo a decisão para o Olimpia alertou que, em sua visão, os guaiaquilenhos precisarão ter paciência e tranquilidade diante do rival mais fraco que duelou até aqui na Liberta:

"O Santos é a equipe mais débil que o Barcelona enfrentou até aqui nessa Libertadores, porque, se passar as semifinais, terá que enfrentar o vencedor da chave entre Grêmio e Botafogo que são equipes mais fortes. Barcelona tem uma grande oportunidade de enfrentar essa equipe que, na verdade, em Guaiaquil, não mostrou nada, foi muito mesquinha. Os Toreros precisam sair em busca do jogo, ter precauções e buscar o gol com tranquilidade e paciência."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos