Bruno Henrique se desculpa após cuspir em adversário do Santos

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Bruno Henrique, do Santos, em dividida com Velasco, do Barcelona

    Bruno Henrique, do Santos, em dividida com Velasco, do Barcelona

Um dia depois de Bruno Henrique ser expulso na partida contra o Barcelona de Guayaquil por cuspir no rosto de Dámian Diaz, o atacante do Santos usou suas redes sociais para pedir desculpas. O camisa 27 se redimiu e justificou a atitude pelo calor do momento e se mostrou arrependido pelo incidente.

"Ainda muito chateado com a eliminação, venho aqui pedir desculpa a todos pela minha atitude no jogo de ontem. Aos meus companheiros, aos torcedores e, principalmente, ao jogador do Barcelona com quem me desentendi. No calor do momento do jogo, cometi um grande erro ao cuspir em um adversário e colega de profissão. Me arrependo e peço desculpa", publicou o atacante.

O técnico Levir Culpi foi questionado sobre a atitude do jogador após a partida, em entrevista coletiva. O treinador disse não ter visto o lance, mas afirmou que os equatorianos foram inteligentes em gastar o tempo em cima da arbitragem.

"Não vi o lance do Bruno Henrique. Não sabia que ele tinha cuspido em alguém. Eles (os atletas do Barcelona de Guayaquil) perderam minutos conversando com o árbitro, foram espertos. A gente se sente chateado de perder na malandragem", explicou o comandante.

Na Vila Belmiro, o Santos perdeu para o Barcelona por 1 a 0, pelas quartas de final da Libertadores, e foi eliminado da competição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos