Willian é denunciado e Palmeiras pode perder artilheiro por 12 jogos

Com a meta de tentar se aproximar do Corinthians na liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras corre o risco de ficar sem seu artilheiro. Willian foi denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da expulsão no empate diante do Atlético-MG, em 9 de setembro, e pode pegar suspensão de até 12 jogos em julgamento que será realizado na quarta-feira.

O atacante foi expulso por pisar em Valdivia, aos 33 minutos do segundo tempo, em Belo Horizonte. Será julgado por praticar agressão física na partida e foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), com suspensão variando entre quatro e 12 partidas.

- Conheço muito bem o Willian, criamos uma amizade bem legal. Na hora, você percebe o arrependimento dele, todos sabem que não é um jogador que faz isso. Ele mesmo assumiu que foi erro de momento. Acredito que não será algo tão pesado, até pelo histórico dele, nunca passou por isso. Acredito muito que não acontecerá nada, torcemos muito para isso. É um jogador de qualidade - defendeu Jean, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, na Academia de Futebol.

O Palmeiras será julgado por mais duas questões envolvendo aquele jogo diante do Atlético-MG. O zagueiro Luan, expulso após cometer pênalti agarrando Leonardo Silva, aos 40 minutos do primeiro tempo. Foi enquadrado por praticar ato desleal ou hostil descrito no artigo 250 do CBJD, corre risco de suspensão por um a três jogos.

Além disso, o clube passou informações erradas na súmula, descumprindo o que prevê o artigo 71 do Regulamento Geral de Competições da CBF. Foi denunciado no artigo 191, inciso III do CBJD, por infração que prevê multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.

"Informo para os devidos fins que conforme relação recebida 1 hora antes do horário do jogo pelo quarto árbitro, conforme RGC está relacionado atleta nº13 com o nome Sr Luan Candido de Almeida, porém por um equívoco de digitação por parte do responsável da equipe SE Palmeiras Sr Leonardo Garcia, leia-se atleta nº13 Sr. Luan Garcia Teixeira. Portanto tanto na relação de atletas como também no campo de advertências e expulsões, onde constar o nome do atleta da equipe SE Palmeiras nº13 Sr. Luan Candido de Almeida, leia-se, atleta nº 13 Sr. Luan Garcia Teixeira", relatou na súmula o árbitro do jogo, Leandro Vuaden.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos