Mina faz trabalhos com bola no campo, mas ainda demora a voltar

Nesta sexta-feira, Yerry Mina fez trabalho no campo da Academia de Futebol pela primeira vez desde que sofreu fratura no pé esquerdo, em 9 de agosto. Mas o zagueiro fez apenas exercícios leves com a bola, ainda de tênis, e deve demorar, ao menos, mais três semanas para estar à disposição.

- Conversei com pessoal do departamento médico e falaram em três semanas para o Mina jogar. Mas vamos ver. Médico é igual advogado, dá sempre o pior e, se acontecer o melhor... Estão certos. Vamos falar que são duas semanas e meia, então - sorriu o técnico Cuca.

De acordo com o departamento médico do Palmeiras, Mina segue em tratamento, sem nem iniciar uma transição para o treinamento no campo. Tanto que, nesta tarde, apareceu usando tênis, e também fez tratamento nas dependências internas da Academia. Deve seguir essa rotina por mais duas semanas, dentro da programação traçada.

Outra novidade no gramado desta sexta-feira foi Michel Bastos. O meio-campista e lateral-esquerdo estava fora por conta de uma inflamação na pele e, dentro do que foi passado a Cuca, não deve estar à disposição nem para enfrentar o Santos, no dia 30.

- O Michel voltou agora. Teve problema, não sei ao certo qual foi. Ficou dez dias fora. Requer tempo natural para voltar a participar da parte física e técnica - explicou o treinador.

Completando os jogadores machucados, o goleiro Jailson, em recuperação de lesão no quadril, também deu voltas no gramado nesta sexta-feira e segue sem prazo para voltar a jogar. Já o volante Arouca, que operou o esquerdo em março, trabalhou na caixa de areia sob supervisão de preparadores físicos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos